25/10/2011

Criolo e uma lição para quem ridiculariza homossexuais



Por Élio Farias
Equipe Homorrealidade

Kleber Cavalcante Gomes, conhecido como Criolo, é um artista rapper com mais de vinte anos de estrada. Seu último álbum, “Nó na Orelha”, reúne influências de diversos estilos musicais em sintonia com o Rap e já rendeu elogios do público e prêmios da crítica, incluindo “melhor disco de 2011” e “melhor música do ano” no Vídeo Music Brasil, da MTV.

Além de suas fortes criações na música, a postura do artista também chama a atenção. “O Rap prega o ‘não’ ao preconceito”, já afirmou algumas vezes. Nesse tom, Criolo demonstra ser artista não apenas pelo inegável talento, mas por mostrar suas próprias opiniões e sentimentos nas obras que entoa. Foi assim também, num programa exibido pela internet, que o músico deu um belo exemplo a quem costuma discriminar ou debochar de pessoas homossexuais.

Durante sua apresentação para o “ShowLivre”, transmitido pela UOL, Criolo ouviu o apresentador Clemente Nascimento dizer que havia um comentário “sacaneando” ele entre as perguntas dos internautas. Dizia o tal comentário: “Ele não parece o Freddie Mercury, só que com barba!?”. Risos no estúdio... Criolo também sorri e comenta: “Pô, legal! Pô, muito bom! É um ícone, um baita artista!”.

Os risos continuam. Criolo vira-se para compreender as reações e parece entender o deboche, certamente pelo fato de estar sendo comparado com um artista homossexual. Mas ele não se deixa levar: “Eu não entendo... Tá tudo bem pra mim. Se eu for 10% do que esse cara já foi artista no mundo, já tá bom pra caramba”, valoriza.



O apresentador segue perguntando quem são as influências musicais do cantor. Criolo responde: “Pode ser o Freddie também...”. O apresentador ri. Criolo então atiça: “Freddie, Ney Mato Grosso.... São ícones e estão acima de outras coisas que as pessoas falam!”, flecha sutilmente.

O apresentador não entende a indireta e ainda vira-se para a câmera tentando traduzir a afirmação do artista. “As coisas que ele está falando é que esses caras são ‘boiolas’ e ele não é ‘boiola’, entendeu!?”, vomita Clemente, achando graça. Outros também riem.

Criolo toma a questão para si e dá o exemplo, elegante como sempre: “Já que você tocou nesse termo, eu respeito todas as opções (sic) das pessoas. Não vou rir. Até parece que é defeito um cara ser homossexual. Eu não sou homossexual, mas jamais vou usar como chacota esse tema”, pontua.

O apresentador tenta mudar o assunto, envolve a questão do negro, tenta fazer outras gracinhas. Mas Criolo retoma sua opinião mais à frente: “A gente tem que ter a humildade de saber que pode aprender com todas as pessoas (...) Acho que esse lance da humildade e de respeitar a opinião da outra pessoa já é um bom começo!”, finalizou.



 O episódio começa em 23min44seg



Criolo é assim. Um rosto sisudo, um jeito doce, um discurso humanitário e uma obra incrível. Ele traz um novo olhar das pessoas para o Rap e suas ideologias. Traz também um exemplo de respeito à diversidade humana. Demonstra ser um artista de verdade, que sobrepõe o senso comum. Como diz uma de suas canções, ele tem orgulho da sua cor, do seu cabelo e do seu nariz. É assim e é feliz. Índio, caboclo, cafuzo, criolo. Brasileiro. E nada disso impede que ele possa conviver e respeitar as demais pessoas.

19 comentários:

leovalesi disse...

Adorei a postura do cantor. Que lição, que cabeça e postura ética. Simplesmente não só deu lição ao fato de ser comparado como demonstrou em curtas palavras que esta diferença, a ser homossexual ou não, é mais uma no universo do humano. Babaca mesmo foi o apresentador, que mesmo se colocando como afro-descentente, portanto: negro, já deve ter sofrido preconceito e ainda continua com a cabeça de uma minhoca acéfala.
Abraços e saudações!
Leonardo Valente.

Alan disse...

Salve, salve Criolo. Que exemplo de humanidade, isso sim que é respeitar o próximo; mesmo não se enquadrando ao grupo de homosexuais, soube defender a dignidade alheia. Chupa apresentador!!! mesmo sendo negro, ainda tem que aprender muito sobre preconceito.

Douglas - PSTU disse...

Criolo mostra ser um grande artista e também muito inteligente, um exemplo de respeito e humanidade.

Thiago Francisco disse...

Ganhou mais um milhão de fãs!

Corage UFulanu disse...

Foda a resposta do Criolu ele é foda...

Cristiano Ferronato disse...

Putz como esse apresentador é idiota.

Dani Castro disse...

Como é bom saber que algumas pessoas entendem que não estamos mais na era Medieval!
Que toda pessoa deve ser respeitada e que o amor, em todas as suas formas, deve ser o que mais importa.

Passei para visitar vocês queridos. E mostrar meu apoio.

Desejo muito sucesso e contem conosco. Como já disse.
Bjs
Dani Castro - Opinião S.A.
www.opiniaosa.wordpress.com

Jadilson Rodrigues disse...

Como esse vídeo do post onde o cantor Criolo dá uma verdadeira aula contra a homofobia e preconceito para Clemente Nascimento foi removido devido à reivindicação de direitos autorais Showlivre, [NÃO acredito que a remoção tenha sido por esse motivo]. POSTO AQUI OUTRO LINK DO VÍDEO onde as pessoas podem assistir ao fato relatado no post a partir dos minutos 23:44 do vídeo abaixo.

http://www.youtube.com/watch?v=1Mp-nObS0ow

Homorrealidade disse...

Obrigado, Jadilson. Fizemos a troca no texto. Grande abraço!

Anônimo disse...

Isso aí Criolo parabéns, adoro seu trabalho e cada vez q te ouço falar e expor suas ideias gosto ainda mais de vc como pessoa. Um grande beijo muito sucesso.

Roberto Carvalho disse...

Isso tudo pq a condição sexual de uma pessoa tem mais importância que seu currículo. Qual a relevância do sexo na vida de uma pessoa? 90%? O quanto fazemos na vida está diretamente ligada ao sexo?O que Deus nos deu para nossa felicidade e prazer, se torna, justamente fonte do contrario. Por conta de vaidade, preconceito e mesquinhez do homem.

O cara foi ali para dar uma entrevista sobre seu trabalho, e arrumaram um jeito de fuçar sua vida sexual, tentando julgá-lo. Sinceramente sua vida sexual teria alguma relevância fundamental no seu trabalho?

Maguita disse...

Nossa, que tapa na cara desse aprensentador idiota! O Criolex ficou puto! AMOOOOO!!!!!

Eduarda disse...

Quem vê isso até pensa que o cara respeita mesmo todo o tipo de diversidade,enquanto em sua musica ele diz : Os traveco tão ali aaah
Alguém vai se iludir #fail

Anônimo disse...

Todas as pessoas merecem respeito, acesso à boa saúde, educação, etc, mas não é porque a pessoa se diz homossexual, que ela é uma espécie de semi-deus, intocável. Hoje, tudo é homofobia. Eu respeito a pessoa homossexual, mas acho a atitude homossexual incorreta e não natural, e nunca apoiarei qualquer atitude gay. Estamos em um país livre, e essa é a minha opinião, garantida pela Constituição.

roberval souza disse...

E pra vc anonimo ,meu nome e roberval souza
O seu qual e, tem medo de se mostrar
Pra vc ter opinião tem que ter um nome uma identidade valeu

Anônimo disse...

De anônimo para anônimo:

Toda vez que o povo fala "mas" pode crer que vai vir homofobia.

Essa é a sua opiniao, favor nao expressá-la mais! Guarde esse preconceito dentro de você. Por favor nao espalhe mais o mal.

Paulo Cesar Allves de Carvalho disse...

ESSE CRIOLO, é um cantor de voz máscula, doce, tenra, viril.. é mesmo um HOMEM BONITO, sua alma é mais ainda. Precisamos de pessoas assim cheia de iluminação e paz...isso já é a Aura do AMOR. Oxalá lhe dê sempre seus Caminhos Abertos e Guardados por Arcanjos .

Peter Tyuson disse...

Que triste um apresentador usando a palavra Boiola, como algo discriminatório... sarcástico.. e ainda quiz colocar pavras na boca do crioulo pra se safar " O que ele quiz dizer é que ele não é boilola como eles".. que feio...

Homem, Homossexual e Pai disse...

eu náo gosto de rap.. mas gosto de getne inteligente... então este CRIOLO já tem o meu respeito e admiração garantidos... vou ver mais sobre ele!

Marcador Em Destaques