19/02/2013

Aluna da UnB é agredida por homofóbico no estacionamento da universidade


Publicado pelo R7

Uma estudante da UnB (Universidade de Brasília) foi agredida na tarde desta segunda-feira (18) vítima de homofobia. Em depoimento à polícia, a jovem, que cursa agronomia, relatou que enquanto apanhava do agressor o homem a chamava de "lésbica nojenta".
 
A família informou à polícia que tudo aconteceu no estacionamento da universidade, quando a jovem ia em direção ao carro por volta das 17h. Ela teria sido abordada e empurrada por um homem, com idade entre 18 e 22 anos.
 
Por conta do empurrão, a vítima caiu no chão e o agressor aproveitou a situação para chutar e dar socos, enquanto a chamava de "lésbica nojenta". A moça conseguiu escapar ao aproveitar um breve momento de descuido do agressor.
 
A universitária precisou ser levada ao hospital antes de ir à 2ª DP (Asa Norte) registrar a ocorrência. Ela teve a perna e o braço enfaixados e tem medo de voltar às aulas.
 
Em nota, a Polícia Civil do DF informou que por enquanto não se pronunciará sobre o caso. A UnB também disse que não poderá dar declarações por falta de conhecimento do ocorrido.
 
No início do mês de janeiro de 2013, estudantes da UnB encontraram uma pichação com mensagens homofóbicas na porta do CA (Centro Acadêmico) de Direito da instituição. Membros da Gestão do CA foram se reunir no local no início do dia para discutir sobre um evento e encontraram mensagens pejorativas como "Ñ aos gays" e "Quem gosta de dar, gostar de apanhar" espalhadas pelas paredes e portas do espaço.
 
 

Um comentário:

AugustoCrowley disse...

Que se peguem os suspeitos, não declarar não os eximes de investigar.Engraçado que quando se trata de homofobia, as pessoas nunca querem dizer nada a respeito.

Marcador Em Destaques