Polícia divulga retrato falado do suspeito de agredir lésbica na Universidade de Brasília

 
Publicado no Correio Braziliense
 
A polícia divulgou, nesta segunda-feira (25/2), o retrato falado do homem que teria agredido uma estudante de agronomia, de 20 anos, no estacionamento da Universidade de Brasília (UnB), por homofobia. As agressões ocorreram na semana passada.
 
A aluna caiu no chão e levou chutes enquanto o agressor a chamava de "lésbica nojenta". A 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), que liberou a imagem e cuida do caso, pede que qualquer informação seja passada pelos telefones 197 ou 3348-1900.
 
A Universidade de Brasília (UnB), no campus Darcy Ribeiro, abriu uma sindicância para apurar a autoria da violência.
 
A sindicândia tem até um mês para levantar informações que possam esclarecer o que motivou a agressão.
 
Confira reportagem da TV Brasília: clique aqui!

Comentários