06/03/2013

Lutadora de MMA pode ter licença cassada por ser transexual

 
Publicado pelo Lance Net
 
A situação da lutadora Fallon Fox, de 37 anos, tem causado grande polêmica em Miami (EUA). Isso porque o portal da revista Sports Illustrated publicou, na última segunda-feira (04), que Fox teria feito uma cirurgia de troca de sexo em 2006, juntamente com terapia hormonal suplementar. Seria o primeira caso de uma transexual competindo em eventos de MMA. Ela deve ter sua licença cassada e não poderá mais competir no esporte. Comissão Atlética da Flórida já trabalha investigações para esclarecer o caso.
 
- Nosso departamento está atualmente investigando as alegações relativas a informação fornecida - disse Sandi Copes Poreda, porta-voz da Comissão Atlética da Flórida, que licenciou Fallon Fox para lutar como uma mulher.
 
No último sábado (02), Fallon Fox venceu sua adversária em apenas 39 segundos. Além disso, a lutadora, invicta em cinco lutas já realizadas, jamais deixou que um combate chegasse ao segundo round.
 
A próxima luta de Fox, que estava marcada para 20 de abril, válida pelas semifinais do torneio da categoria peso-galo feminina do Cage Fighting Alliance, está suspensa. A promoção do CFA cancelou o evento em demonstração de apoio à lutadora. - Estamos 120% com Fallon. Ela é uma mulher, uma garota muito doce. Há muito dinheiro em jogo para ela e ela tem se saído muito bem. Nós vamos dar a ela algumas semanas para ver como essa coisa acaba - disse Jorge De La Nova, dirigente do Cage Fighting Alliance, em entrevista ao portal MMA Junkie.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques