Documentário: "O Mesmo Amor" discute conflito Igreja X Homossexualidade


O documentário "O Mesmo Amor" é um retrato da relação de homossexuais com a religião a partir da história de vida de personagens que encontraram, dentro de um ambiente religioso que acolhe a diversidade, conforto e realização com a própria fé. O projeto tem como foco a Igreja Cristã Evangelho Para Todos, uma das primeiras igrejas cristãs do Brasil a pregar a Teologia Inclusiva.
 
Idealização e Roteiro: Paulo do Valle, Ligia Dumit, Luiza Judice, Mariane Galacini
 
Produção: Firehouse Media
 
Participações: José Antônio Trasferetti, Joide Miranda, Indira Valença, Vagner Jacobowsky, Bruno Fornazari, Luciana Leopoldo, Bruna Leopoldo, Gyslayny Silva, Saulo Franco, Julio* (nome fictício)
 
 

Comentários

  1. Olha,serei bem sincero!
    A militância gay,precisa ser mais articulada e tolerante.Falo isso,porque sou gay e não concordo com muitas coisas que o Jean Wyllis e cia falam.

    Também afirmo que não concordo nenhum pouco com o que muitos pastores e certa parcela conservadora de nossa sociedade falam a respeito de nós homossexuais.

    É preciso haver diálogo e respeito entre ambas as partes.
    É preciso compreender e respeitar quem discorda de nós,e para os conservadores é preciso que saibam compreender e respeitar quem é diferente e não gosta das mesmas coisas que eles.

    TOLERÂNCIA é a palavra-chave!!
    A militância gay se continuar desse jeito,está apenas chamando a antipatia dos intolerantes de plantão pra cima de si mesmos e pra cima dos demais homossexuais que não são militantes.

    Não é preciso criar espantalhos para atrair a pecha de intolerantes e reacionários pra cima de nós homossexuais,como está acontecendo cada vez mais.
    É preciso DIÁLOGO E RESPEITO de ambas as partes.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!