20/04/2013

Jogadora de basquete assume-se lésbica e pode jogar na NBA


Publicado pelo O Jogo
 
Brittney Griner, melhor marcadora e número um do draft da WNBA está a ser notícia por duas razões: a jogadora declarou a sua homossexualidade e garantem que está à porta da NBA, para representar os Dallas Mavericks. "Não diria que me escondi. Sempre fui muito clara sobre quem sou e a minha sexualidade, pelo que não foi difícil para mim", declarou. "Sair do armário é simplesmente ser quem és", acrescentou Griner, de 22 anos.
 
 
"O dia em que um jogador da NBA sair do armário será um grande dia para o desporto", disse, por sua vez, Mark Cuban, proprietário dos Mavericks e que pretende dar uma oportunidade à jogadora no mais importante campeonato masculino do mundo.
 
 
Griner, refira-se, já é destaque desde os 15 anos, quando um vídeo mostrava a facilidade com que já fazia enterradas.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques