Atriz mirim chora ao lembrar de programa de rádio que criticou seus pais gays

 
Publicado pelo UOL
 
Emocionada, a atriz de novela Ana Karolina Lannes, 13, lembra do dia em que ouviu no rádio um apresentador criticar sua condição como filha criada por casal homossexual. Entrevista faz parte de reportagem especial do UOL sobre filhos criados por pais gays.
 

Comentários

  1. Eu não acho que eles tenham o direito de falar o que pensam, principalmente por serem formadores de opinião em um veiculo de comunicação de massa. A nossa liberdade de expressão deve ser sempre pautada no respeito aos direitos do nosso próximo. Basta ver o mal que este canalha provocou nessa menina...Desejo que ela e muitos outros filhos de homossexuais tenham força e sabedoria pra passar por cima desses preconceitos covardes. Que como ela disse estão espalhados em nossa sociedade em grande parte por culpa desses vermes. Uma sociedade que vive uma inversão total de valores. Perdemos a capacidade de ver a beleza da liberdade de se ser o que se é...e acima de tudo respeitar mesmo que não concorde.

    ResponderExcluir
  2. Acho engraçado que sempre houve pessoas criadas apenas por homens ou mulheres, as vezes por um homem ou uma mulher e foram sadias mesmo não tendo um representante de cada sexo em sua criação domestica. E, assim como há muitos casais héteros com filhos gays porque as pessoas não percebem os gays ou casais gays com filhos heteros? Infelizmente a sociedade precisa de muitos exemplos como dessa menina andando por ai na rua, pois só assim as pessoas param de teorizar e prestam atenção na realidade.
    Luciane

    ResponderExcluir
  3. Será q esse apresentador também ouve?! Se sim, espero key ele fique sabendo disso, se emocione e, passe a se colocar no lugar do outro, antes de falar da vida das pessoas. Eh uma bouah oportunidade para aprender...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!