21/06/2013

Assassinato do jovem Alexandre Ivo, vítima de homofobia, completa três anos ainda impune!

 
Por Homorrealidade
 
Foi no dia 21 de junho de 2010 que o jovem Alexandre Ivo, com apenas 14 anos, perdeu a vida na cidade de São Gonçalo (RJ) depois de  horas de tortura e espancamentos motivados por homofobia. Mesmo com a repercussão nacional do caso, mesmo com as provas e depoimento dos amigos, mesmo com a luta liderada pela família, o crime ainda continua impune três anos depois. Os acusados pelo assassinato – Eric Boa Hora de Bruim (então brigadista, 24 anos), Allan Siqueira de Freitas (então eletricista, 24 anos) e André Luiz Marcoge da Cruz Souza (então açougueiro, 25 anos) – ainda não tiveram seus julgamentos concluídos pela “justiça” brasileira. Segue a foto desses três... acusados!
 
 
Num momento de tantos protestos nacionais, sem dúvida a criminalização da homofobia segue como uma reivindicação de muitos brasileiros, especialmente aqueles que já sofreram os males do preconceito na pele ou no coração.


Apoiamos e seguimos a luta da família, dos amigos e dos integrantes do Movimento Alexandre (V)Ivo! E tomamos a liberdade de reproduzir a mensagem publicada hoje (21) pela mãe do jovem Alexandre na página dedicada ao filho:
 
 
“Existe cura para a falta de amor? para a falta de escrúpulo político? Existe cura para tanta saudade e indignação que restam para os familiares de jovens e adultos assassinados e violentados por homofobia?
 
Hoje acordei com um sentimento de ESPERANÇA, primeiramente, por assistir a minha filha, Paula Ivo, tão politizada e indo para as ruas por um país melhor, assim como eu um dia fui uma cara pintada nos movimentos da minha época de estudante...
 
E hoje, às vésperas de exumar os restos mortais de meu filho ALEXANDRE IVO (faz 3 anos de seu assassinato), penso e repenso, como ainda há lugar nesse mundo para indivíduos que querem curar o que não é considerado doença há mais de 20 anos ... e não tem como curar uma dor de violência HOMOFÓBICA, que corrói dia-a-dia, que fica como uma ferida aberta e aberta na alma ... pois isso sim não tem cura, não tem remédio, pois o remédio já não está aqui comigo há exatos três anos e isso dói, dói demais e enfim a nossa luta continua por JUSTIÇA, eu preciso de JUSTIÇA, AS FAMÍLIAS VÍTIMAS DE HOMOFOBIA PRECISAM DE JUSTIÇA.”
 
ANGELICA IVO
Mãe de Alexandre Ivo
 
 
O Homorrealidade, que surgiu logo após esse crime terrível, se solidariza mais uma vez com a família de Alexandre e reforça sua luta por justiça. Pelo fim da homofobia, pela liberdade e pela igualdade de direitos.
 
 
 

7 comentários:

ALEXANDRE (V)IVO disse...

Hoje, 3 anos de morte de Alexandre Ivo, dia também de sua exumação.
Continua o Luto na Luta contínua.
Saudações anti-homofóbicas
Movimento Alexandre (V)IVO!

pai agnaldo da oxum disse...

SINTO DEMAIS POR ESTA TRAGEDIA ESTA ESTUPIDEZA TORÇO PARA Q ELES SEJAM PUNIDOS A RIGOR DA MAXIMO DA LEI MEUS PROFUNDOS SENTIMENTOS

Sabrina Araújo(face sabrina.araujo.75 disse...

Sinto muito pela falta que seu filho faz e pela impunidade desses monstros!
Mas tenha a certeza que o nosso julgamento real vem lá de cima.É com Deus que iremos acertar as contas,a justiça Dele não falha.Seu filho está em algum lugar vendo vocês lutarem por justiça,está muito melhor que nós aqui na Terra.Nós momentos de aflição busque a Deus,assim vc estará mais próxima ainda de Alexandre.
Que Deus abençoe vocês!

Fátima Alcântara disse...

NÃO EXISTEM PALAVRAS QUE POSSAM EXPRIMIR O QUE SINTO QUANDO PENSO NESTE FATO...MUITA DOR...

Anônimo disse...

sou amiga intima dos "acusados" , sinti muito também com a partida do Alexandre, era uma criança, inocente e que andava com muitas más compainhas, gostaria que antes de publicar as fotos dos supostos "acusados" ficassem TOTALMENTE POR DENTRO do processo, tem muita coisa errada ai, a Justiça de DEUS vai ser feita, oro ainda pela mãe dele, que é uma dor indescritível, mas fico triste por ver desmoronar a vida de três garotos inocentes.

Marcos Leitão Chamis disse...

Mas os caras tão presos pelo menos? Ou estão respondendo em liberdade?

Anônimo disse...

Ele andava em má compania? Ele era amigo da minha filha... andava com amigos do colégio, tinha apenas 14 anos!!! Que criança aos 14 anos sabe o que é má compania? E mesmo que fosse, merecia ser estrangulado depois de apanhar daquele jeito? Se voce é amiga íntima dos acusados, quem anda em má compania é voce!!! A sorte desses marginais é que Angélica, como o próprio nome diz, é um anjo, porque se fosse meu filho, já estariam mortos! Como pode entrar aqui e falar uma asneira dessas? Não acredito na justiça. Acredito em olho por olho. Se não tem o que falar, fique calada!

Marcador Em Destaques