17/06/2013

Para barrar “cura gay”, deputado tenta resgatar colegas que deixaram Comissão de Direitos Humanos


Publicado pelo iG

O deputado Simplício Araújo (PPS-MA) diz que tem procurado os deputados que abandonaram a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados para que voltem aos seus postos e o ajudem a fazer oposição ao projeto de cura gay.
 
Só que o esforço parece dar pouco resultado. O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) garante que não volta de jeito nenhum para a comissão, presidida pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP).
 
Ele argumenta que o retorno dos parlamentares que boicotam a comissão daria legitimidade às decisões lá adotadas.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques