31/07/2013

Disney tentou demitir Johnny Depp de Piratas do Caribe por achar “Jack Sparrow muito gay”



Por Renato Marafon para o Cine Pop

Em uma entrevista ao jornal Metro, o ator Johnny Depp confirmou os antigos boatos de que os executivos da Disney queriam demiti-lo de ‘Piratas do Caribe‘ após verem as primeiras cenas do ator como o Capitão Jack Sparrow.

Sua interpretação como Sparrow foi boa o suficiente para lhe dar uma indicação ao Oscar, mas o ator disse que a Disney estava bastante insegura.

“Eu estive tão perto de ser demitido… Eles tentaram me mandar embora e eu disse a uma das executivas: “Tudo bem… você pode me demitir, mas vai ter que me pagar por todo esse tempo que eu trabalhei”.

Depp revelou que o estúdio do Mickey Mouse “não poderia aceitar” seu Sparrow, e uma das executivas o perguntou se seu personagem era gay. Ele disse à executiva que “todos os seus personagens são gays” e isso “realmente a deixou nervosa.”

“Eles não entenderam minha visão para o personagem e queriam redublar minhas falas… Mas fiquei muito feliz em explorar todas as possibilidades e realmente mergulhar nesse personagem”, concluiu.

Quem interveio em nome de Depp foi Dick Cook, presidente do Conselho de Administração da Walt Disney. Quando o mesmo foi demitido de seu cargo, o ator anunciou que não participaria do quarto ‘Piratas do Caribe‘. Depp voltou atrás, mas revelou que Cook foi um dos únicos executivos a incentivarem sua louca atuação como Jack Sparrow, enquanto todos os outros o criticavam.

Nesta semana, o ator declarou que “não está muito longe” de abandonar a carreira de ator. Entre os motivos que levaram essa decisão, o ator cita uma listagem que fez de todas as palavras que diz no ano. O resultado foi que ele falava mais diálogos escritos pelos outros do que suas próprias frases. “Você começa a pensar que isso é uma opção insana para um ser humano”, refletiu Depp.

Apesar de explicar que não deixará de atuar “a qualquer segundo”, Depp pretende buscar atividades mais “sossegadas”, sem especificar.

Depp tem vários filmes pela frente: ele estará no 5º longa da franquia ‘Piratas do Caribe’, no musical ‘Into the Woods’, no drama criminal ‘Mortdecai’ e na ficção científica ‘Transcendence’, primeiro filme comandado pelo diretor de fotografia Wally Pfister (‘Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge’).

Um comentário:

Bastian Silva disse...

"Todos os seus personagens são gays", você tem que amar o Johnny, aquele lindo. Tem um filme dele que eu estou louco para ver, se chama: Antes do Anoitecer. Narra a história de um poeta cubano, Reinaldo Arenas, que é interpretado pelo Javier Bardem, outro ator incrível. Nesse filme o Johnny faz dois papéis, um deles é uma drag queen fabulosa, fiquei de queixo caído no trailer. Gostei muito de O Cavaleiro Solitário, o último filme que eu vi dele, bem melhor do que eu esperava! Amei esse blog, não sei como não tinha esbarrado nele antes! Beijocas >.<

Marcador Em Destaques