05/08/2013

Marcelo Adnet mistura música com crítica social em novo quadro do 'Fantástico'

Visto em Caras On-Line

Soa irônico a última estrela da MTV reviver antigos clipes musicais na TV, mas agora na Globo.


Marcelo Adnet estreou neste domingo, 4, uma espécie de sátira aos antigos musicais exibidos pelo Fantástico durante seus quarenta anos de vida - incluindo aí uma crítica social.

Transformado em Ney Matogrosso, Adnet fez a sua versão da música Homem com H, sem antes contextualizar o espectador sobre o tema do homossexualismo na Idade Média, na época em que o clipe foi lançado, em 1981, e nos dias atuais, citando até mesmo a fala do papa Francisco sobre os gays.

Na versão de Adnet, a letra da canção de Ney ganhou como tema a 'cura gay', proposta polêmica de deputados em Brasília, e os direitos humanos: "Projeto de lei bizarro; de um deputado goiano; pra tratar no psicólogo; quem não é hétero, é homo; porque eu sou é homem; se gosto de outro homem; se 'tô' com outro homem; não é doença, é uma escolha; é como sou; já vi preto virar branco; mulher virar homem; quem tem vontade se pega; e quem tem fome se come; pode ser mulher com homem; pode ser homem com homem; ou trans, mulher sem homem; pois amor é o meu nome; é como sou; ouvi falar da 'cura gay'; que é doença e heresia; ouvia gente dizer; que é pecado e não podia; só pode mulher com homem; não se pode variar; feliz, se amo o que é meu; te importa com o que é teu; não existe regra para amar; diretos; humanos; cura; homo; porque se eu sou é homo; ainda assim sou homem; trans, menina ou homem; sei que amor é o meu nome; conheço héteros com h; que se garantem muito homens; eles não querem me curar; liberdade é o seu nome; eles não estão julgando; com quem eu quero me casar; o projeto se arquivou; pois o verdadeiro amor; ninguém pode censurar; é como sou!"


A MTV, que vive seus últimos dias de vida na TV aberta, abandonou os clipes musicais ao longo dos tempos, optando pelo caminho do humor, por exemplo. Percebeu que não conseguia concorrer com o YouTube no lançamento de novos vídeos de música. Ainda tentou, sem muito êxito, seguir outras vertentes, se perdendo pelo caminho e deixando a música - seu verdadeiro DNA - de lado.

O Fantástico, por sua vez, sempre teve um papel de vanguarda ao estrear nas noites de domingo clipes antológicos de grandes nomes da música brasileira. Rita Lee, Jorge Ben Jor, Daniela Mercury, Erasmo Carlos, Belchior, Raul Seixas, Alcione e Cazuza já protagonizaram os clipes durante o Show da Vida.

Adnet mostrou que, ao contrário da MTV, conseguiu amadurecer, falar sobre música com humor e inserir elementos críticos à letra aos tempos atuais.


Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques