09/09/2013

Elke Maravilha se diz contrária ao casamento gay: "querem cometer o mesmo erro dos héteros?"


Publicado pelo R7
 
Em uma entrevista para a revista Júnior deste mês, Elke Maravilha disse ser contrária ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Após dizer que já fez aborto e que experimentou quase todos os tipos de drogas, a ex-jurada disse que os homossexuais não deveriam cometer os mesmo erros dos heterossexuais.
 
— Respeito os gays, e acredito que todos devem ter os mesmo direitos. Mas casamento? Não! Eu pensava que gay era inteligente, mas querer cometer os mesmo erros dos héteros?
 
A publicação traz ainda a opinião de Elke sobre a legalização da maconha. Para ela os jovens utilizam a droga como fuga.
 
— Sobre a maconha eu sou muito clara, não tem que haver uma legalização sobre o tema, o povo tem que ser livre e pronto. Esses dias eu estava conversando com o Ney Matogrosso sobre como nossa geração usava drogas para o autoconhecimento. Eu usei todas possíveis, menos heroína que não tenho coragem, mas vale lembrar que eu usei a droga, não fui usada. Hoje eu dou alguns tragos em cigarro e bebo alguma coisa alcoólica. O jovem de hoje usa a droga como fuga e é aí que está o problema de tudo.
 
Outro assunto abordado pela reportagem da revista Júnior foi o aborto cometido por Elke Maravilha. A ex-jurada diz não fazer apologia à interrupção da vida de um bebê, mas contou que não se arrepende do ato.
 
— Eu abortei e a cada dia que fico mais velha acredito mais ainda e tenho mais razões que o melhor que fiz foi ter pedido para tirar o feto. Não faço apologia ao aborto, nunca fiz, o que quero dizer é que no meu caso foi o melhor para mim. Nunca seria uma boa mãe. Hoje em dia você não pode bater para educar que vem o Conselho Tutelar e acaba contigo. Existem crianças que precisam ser adestradas. Se o ser humano fosse bom ele não precisaria ser educado.

 

Um comentário:

marcos e josue disse...

Falo como homossexual que sou e me caso o mês que vem, na verdade o que queremos é os mesmos direitos que os héteros tem, portanto podemos querer ou não casar mas temos que ter os mesmos direito de qualquer casal hétero tem esta é a nossa verdadeira luta, o da igualdade social.

Marcador Em Destaques