Elke Maravilha se diz contrária ao casamento gay: "querem cometer o mesmo erro dos héteros?"


Publicado pelo R7
 
Em uma entrevista para a revista Júnior deste mês, Elke Maravilha disse ser contrária ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Após dizer que já fez aborto e que experimentou quase todos os tipos de drogas, a ex-jurada disse que os homossexuais não deveriam cometer os mesmo erros dos heterossexuais.
 
— Respeito os gays, e acredito que todos devem ter os mesmo direitos. Mas casamento? Não! Eu pensava que gay era inteligente, mas querer cometer os mesmo erros dos héteros?
 
A publicação traz ainda a opinião de Elke sobre a legalização da maconha. Para ela os jovens utilizam a droga como fuga.
 
— Sobre a maconha eu sou muito clara, não tem que haver uma legalização sobre o tema, o povo tem que ser livre e pronto. Esses dias eu estava conversando com o Ney Matogrosso sobre como nossa geração usava drogas para o autoconhecimento. Eu usei todas possíveis, menos heroína que não tenho coragem, mas vale lembrar que eu usei a droga, não fui usada. Hoje eu dou alguns tragos em cigarro e bebo alguma coisa alcoólica. O jovem de hoje usa a droga como fuga e é aí que está o problema de tudo.
 
Outro assunto abordado pela reportagem da revista Júnior foi o aborto cometido por Elke Maravilha. A ex-jurada diz não fazer apologia à interrupção da vida de um bebê, mas contou que não se arrepende do ato.
 
— Eu abortei e a cada dia que fico mais velha acredito mais ainda e tenho mais razões que o melhor que fiz foi ter pedido para tirar o feto. Não faço apologia ao aborto, nunca fiz, o que quero dizer é que no meu caso foi o melhor para mim. Nunca seria uma boa mãe. Hoje em dia você não pode bater para educar que vem o Conselho Tutelar e acaba contigo. Existem crianças que precisam ser adestradas. Se o ser humano fosse bom ele não precisaria ser educado.

 

Comentários

  1. Falo como homossexual que sou e me caso o mês que vem, na verdade o que queremos é os mesmos direitos que os héteros tem, portanto podemos querer ou não casar mas temos que ter os mesmos direito de qualquer casal hétero tem esta é a nossa verdadeira luta, o da igualdade social.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!