05/09/2013

“Fazer um gay em rede nacional tem uma função social”, diz ator de “Sangue Bom”

 
Publicado pelo Adé Diversidade
 
Apesar da polêmica envolvendo o ator que interpreta Filipinho em “Sangue Bom”, novela das 19h da TV Globo, Júlio Oliveira, que vive o par romântico Peixinho, vem ganhando cada vez mais destaque na trama.
 
Foi por ele que Filipinho resolveu sair do armário e contou tudo para a mãe. Por conta do sucesso do personagem, o ator afirmou que vem recebendo bastante cantada de gays.
 
“Tenho recebido cantadas, sim. Algumas são até tão diretas que nem chamaria de cantada”, declarou em entrevista ao jornal O Dia. Para ator, fazer um personagem gay “em rede nacional tem uma função social”.
 
Mas, com tanta dedicação, falta tempo para namorar, confessa. É difícil conciliar um namoro com essa vida nos ares de ponte aérea. “E mais difícil ainda é encontrar alguém que entenda esse consumo de tempo que o nosso trabalho exige”, declarou.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques