25/09/2013

ONU publica novo vídeo pró-direitos LGBT com Comissária dos Direitos Humanos e Arcebispo Desmond Tutu

 
Publicado pelo PortugalGay
 
A comissária dos Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, e o arcebispo Desmond Tutu aparecem num novo vídeo da ONU sobre o trabalho LGBT e discriminação.
 
 
A ONU enfrenta "Enorme resistência" a partir de governos de todo o mundo sobre questões LGBT, mas insiste que ninguém deve ser deixado para trás no que respeita aos direitos humanos. Os comentários são da Comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, num novo vídeo das Nações Unidas sobre a sua campanha “Liberdade e Igualdade LGBTI” (LGBTI Free and Equal Campaign).
 
O vídeo também apresenta o arcebispo Desmond Tutu, que afirma: "Juntos podemos construir um mundo que seja livre e igual".
 
Mas Pillay adverte que vai ser uma luta dura. "Em mais de um terço dos países do mundo condutas consensuais do mesmo sexo continuam a ser uma ofensa criminal”.
 
“Conforme viajo ao redor do mundo em encontros com os governos, em muitos países eu encontro não só uma falta de conhecimento por parte de funcionários do governo, mas uma enorme resistência a reconhecerem os direitos humanos das pessoas LGBTI”, acrescenta a Comissária.
 
"A Declaração Universal dos Direitos Humanos promete um mundo no qual todos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. Sem exceções, sem ninguém deixado para trás. Mas sabemos por experiência própria que a erradicação da discriminação requer mais do que mudanças nas leis e políticas. É precisa uma mudança nos corações e mentes das pessoas também", remata Pillay.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques