24/10/2013

'Aqui meu filho é aceito', diz mãe de jovem gay batizado em igreja inclusiva no RS

 
Publicado pelo G1
Por Manoel Soares
 
Criada em março de 2012 em Porto Alegre, a Igreja Inclusiva do Brasil aceita durante os cultos pessoas que têm relações homoafetivas. Atualmente, o local conta com 50 membros e permite acesso ilimitado aos gays. Para também fazer parte do grupo, o jovem Naios Lourenço Westphal foi batizado em cerimônia realizada nesta semana no local, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço, da RBS TV (veja o vídeo AQUI).
 
A mãe do jovem, Marisol Westphal, compareceu na sede da Igreja Inclusiva do Brasil junto com o marido e padrasto de Naios para participar do batismo do filho. Os dois são héteros, mas se sentiram à vontade no local. "Eu sou espírita, mas a gente sabe que Deus ama os seus filhos. Não quer que eles sejam maltratados ou excluídos em lugar nenhum. Estou muito feliz, porque aqui meu filho é aceito e respeitado", disse ela.
 
Naios Lourenço Westphal não escondeu a felicidade de poder, enfim, demonstrar todo o amor que tem por Jesus Cristo. "É diferente aqui, porque nas outras igrejas você não pode participar das atividades. Pode até visitar, mas não pode congregar".
 
O pastor Anderson Zambom ressalta que a Igreja Inclusiva do Brasil não é voltada exclusivamente ao público gay, mas tem o intuito de dar uma oportunidade aos homossexuais evangélicos de exercerem a religião sem serem considerados pecadores. "Infelizmente, os homossexuais não são aceitos na igreja. Infelizmente vemos projetos de barrar homossexuais de entrar na igreja. Uma coisa que é um absurdo, porque Jesus jamais barrou ninguém", defendeu o pastor.
 

Um comentário:

Homem, Homossexual e Pai disse...

as igrejas inclusivas incluem não só os homossexuais, mas gente excluida de outras igrejas, de outras denominações, mas mesmo assim tem suas normas e seus dogmas... que bom que todos tem espaço no Brasil, um pais, que pelo menos na constituiçaõ, é laico!

Marcador Em Destaques