04/10/2013

Avô escreve carta recriminando a própria filha por expulsar seu neto gay de casa

 
Publicado pelo Dezanove
 
Nos Estados Unidos um pai decidiu escrever uma carta à sua filha Christine quando teve conhecimento que esta não aceitou a homossexualidade do seu filho Chad. Na carta, o avô do jovem Chad decide recriminar a filha que expulsou o próprio filho de casa, depois deste ter admitido a sua orientação sexual.
 
A carta foi partilhada nas redes sociais pela associação GLAAD, que defende os direitos das pessoas LGBT. A história está a tornar-se viral nas redes sociais. O teor da carta é o seguinte:
 
"Querida Christine:
 
Estou decepcionado contigo como filha. Tens razão quando afirmas que temos uma 'vergonha na família', mas enganaste-te na pessoa. Expulsar o Chad de casa só porque ele te disse que era gay é a verdadeira 'abominação' aqui. Um pai desfazer-se do seu filho é o que é “contra natural'.
 
A única coisa inteligente que te ouvi dizer foi que 'não criaste um filho para ser assim'. É obvio que não. Ele nasceu assim, e não escolheu, como também não escolheu ser canhoto.
 
No entanto, tu escolheste ter a mente fechada e ferida. Como estamos a abordar o tema de nos desfazermos dos nossos filhos, vou aproveitar para escolher este momento para te dizer adeus. Agora tenho um rapaz fabuloso para criar (e que é gay), e não tenho tempo de perder tempo com palavras com alguém que não tem coração.
 
Se encontrares o teu coração dá notícias!
 
Pai"
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques