26/10/2013

Luxemburgo pode ter primeiro-ministro assumidamente gay

 
Publicado pelo Dezanove
 
O próximo primeiro-ministro do Luxemburgo poderá ser Xavier Bettel, líder do Partido Democrático, presidente da câmara da Cidade de Luxemburgo e homossexual.
 
O partido mais votado nas eleições deste Domingo foi o Partido Social-Cristão, de Jean-Claude Juncker, que demitiu-se após um escândalo dos serviços secretos do Grão-Ducado e voltou a apresentar-se ao escrutínio popular. No entanto, os três partidos da oposição (socialistas, liberais e verdes) ficam em maioria caso se coliguem (32 deputados num parlamento de 60). Juncker conquistou 23 lugares. As negociações para a formação da coligação arrancaram esta terça-feira.
 
Xavier (direita) com o namorado/marido
 
Em 2011 Xavier Bettel foi eleito, aos 38 anos, presidente da Câmara da Cidade do Luxemburgo. Foi desta forma, o terceiro presidente assumidamente gay de uma capital europeia, depois de Paris (Bertrand Delanoë) e Berlim (Klaus Wowereit). Agora poderá vir a ser o segundo primeiro-ministro assumidamente gay do mundo. Recorde-se que Elio di Rupo, o actual primeiro-ministro belga, foi eleito em Dezembro de 2011.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques