Nova série gay independente fala da vida de soropositivos e dos perigos da AIDS

 
Publicado pelo Mix Brasil
 
Na próxima segunda feira, 21 de outubro, começa a ser exibida na internet a websérie “Positivos”. Sem recursos ou patrocínio, a produção independente tem como principal tema a AIDS. O enredo gira em torno de um grupo de quatro jovens que são soropositivos e dividem um apartamento no Rio de Janeiro.
 
Na trama, Hernandes (Carlo Porto) foi contaminado nos anos 90, período crítico da epidemia. Casado e com uma filha, se separou da mulher quando começou a se sentir atraído por homens. A partir daí se envolve com um garoto de programa, Ícaro (Tunai Menandro), que mais tarde descobre ser portador do vírus e passa a ter um comportamento de revolta, fazendo questão de transar sem preservativo para retransmitir a doença para outras pessoas.
 
Hernandes tenta controlar as atitudes do garoto e acaba virando uma espécie de consultor nas redes sociais, onde conhece Guilherme (Hugo Carvalho) e Cristiano (Gustavo Scherer), e acaba indo morar com eles. Neste ponto, os quatro passam a mostrar sua relação com o vírus e que é possível viver bem com ele.
 
“Positivo” é um mix de drama e comédia inspirado na vida real, uma vez que os personagens remetem suas vidas à evolução do tratamento e as consequências que a doença pode causar. A série tem 10 episódios, exibidos semanalmente.
 
No Brasil são cerca de 36 mil nossos casos por ano e cerca de 11 mil óbitos em consequência do vírus. Até junho de 2012, cerca de 650 mil diagnósticos de HIV foram confirmados, de acordo com dados oficiais do governo.
 

Comentários

  1. Adorei!!!! Ansioso para ver!

    ResponderExcluir
  2. Admiro a atitude, seria muito bom ver esse tipo de projeto em canal aberto. A verdadeira realidade!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!