11/11/2013

'Amor & sexo' e o beijo gay na televisão

 
Publicado no Patrícia Kogut
 
Exibido na última quinta-feira, “Amor & sexo” fez barulho nas redes sociais com um selinho entre dois rapazes (veja o beijo: clique aqui!). Foi uma brincadeira com o desenho animado “A dama e o vagabundo”, em que os cachorros sugam o mesmo espaguete até que encostam os focinhos. Divertiu e funcionou para trazer de volta um assunto que não estava mais sendo debatido.
 
Em 2005, Gloria Perez escreveu um beijo gay para “América”. A cena chegou a ser gravada e não foi ao ar. Na ocasião, o debate esquentou. O beijo ilustraria o desfecho romântico do personagem de Bruno Gagliasso, que saía do armário. Naquele momento, teria servido para romper um tabu. Em 2011, “Insensato coração”, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, mostrou com lirismo o caminho de Eduardo (Rodrigo Andrade) até assumir sua homossexualidade. Quando ele encontrou um amor, tudo era dito claramente, mas não houve beijo. Fez falta.
 
Agora, passados alguns anos, a novela das 21h, “Amor à vida”, tem como personagem central Félix (Mateus Solano). Ele já declarou sem reservas que é gay e o pai o desprezou por isso, num debate aberto entre a falta de preconceito e o conservadorismo obscurantista. Nada deixou de ser falado.
 
O SBT mostrou um beijo entre duas moças em “Amor e revolução”. As séries americanas também já gastaram o tema e não é preciso apelar para “The L word” — cujo nome já diz, é ambientada no universo das lésbicas — para dar um exemplo. Na comportada “Brothers & sisters”, um dos filhos vivia com outro rapaz.
 
Em “Amor & sexo” não se tratou da dramaturgia “pedindo” um beijo, numa cena romântica. Foi uma brincadeira de auditório. Aquilo conta como “o” beijo gay? Félix já não fez muito mais do que beijar? São perguntas que ficam no ar.
 
E, finalmente, certos programas da última década dão a impressão de que esse debate já ficou ultrapassado. Uma das melhores personagens de “The killing” era uma menina que parecia um menino, e tinha uma namorada. Esse fato passava batido, natural. Ninguém falava no assunto. É a esse ponto que devemos sonhar chegar um dia.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques