Distrito Federal é líder no ranking de denúncias em casos de homofobia

 
Publicado pelo Correio Braziliense
 
Uma pesquisa divulgada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República aponta Brasília como a capital com maior número de denúncias de agressões contra homossexuais. No ano passado foram registradas 239 denúncias de violência homofóbica no DF, quase o dobro da segunda unidade da federação do ranking, o Mato Grosso.
 
O que também chama a atenção é que de 2011 para 2012, o número de denúncias quadruplicou, passando de 45 para 239.
 
São casos como o do cabeleireiro Fábio Carvalho, que levou um soco no rosto quando estava na companhia de dois amigos. Segundo conta Fábio, o agressor o machucou sem motivo e saiu correndo sem dar explicações.
 
Ainda de acordo com a pesquisa, as agressões, na maioria das vezes, não são físicas. Dentre as denúncias, 80% correspondem a casos de discriminação e de violência psicológica.
 
Outro dado que o relatório mostra é o local onde a violência ocorre. Em quase 40% das vezes, os homossexuais são agredidos dentro de casa.
 
Vilma Lopes é lésbica e já sofreu agressões verbais. Ela acredita que a situação só vai mudar se as pessoas denunciarem: “Se você se cala, a tendência é piorar. Então a sociedade tem que saber que existem pessoas que querem fazer mal simplesmente pelo fato de alguém ser gay”.
 
 

Comentários