O vídeo que a Rússia de Putin não quer que se torne viral

 
 
Publicado pelo Dezanove
 
Em apenas três dias mais de 350 mil pessoas viram o novo vídeo da associação All Out que luta pela defesa dos Direitos das pessoas LGBT em todo o planeta. O novo vídeo da associação internacional está a chamar a fazer recair atenções para a perseguição homofóbica que está a ocorrer na Rússia enquanto se está em contagem decrescente para os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi. O vídeo é apenas uma parte da campanha que a All out tem estado a desenvolver nos últimos dois anos contra as leis homofóbicas e o desrespeito dos direitos humanos na Rússia.
 
“Este vídeo ajuda milhares de pessoas a perceber como as leis anti-gays na Rússia são totalmente contra o espírito olímpico da não discriminação” esclareceu Andre Banks Director Executivo e Co-Fundador da All Out. Em Outubro último a associação cercou a sede da Coca Cola, um dos maiores e mais antigos patrocinadores dos Jogos Olímpicos, para que esta empresa intercedesse junto do Comité Olímpico pela revogação das leis homofóbicas russas.
 
A associação pede aos utilizadores das redes sociais que promovam a discussão sobre o tema e partilhem o vídeo com a hashtag #lovealwayswins. Esta semana a hashtag foi replicada 11 milhões de vezes no Twitter logo após a divulgação do vídeo.

Comentários