Os 10 cantores gays mais influentes do universo LGBT

 
Publicado pelo iGay
 
Cantores e cantoras podem ajudar a mudar o mundo quando soltam a voz em músicas que tratam de causas importantes. Mas eles também fazem a diferença quando se assumem gays de maneira corajosa. Com carreiras de sucesso, esses artistas se tornam grandes exemplos de orgulho LGBT quando saem do armário.
 
Nesta sexta-feira (22), quando se celebra o Dia do Músico, o iGay aproveita a data para destacar os dez cantores homossexuais que tiveram influência fundamental no universo LGBT.
 

 
1 - Ricky Martin - Um dos mais famosos astros do pop internacional, o cantor decidiu em 2010 acabar de vez com os rumores sobre sua sexualidade . Em texto no seu site oficial, Martin declarou: “Eu tenho orgulho em dizer que sou homem homossexual feliz. Eu sou muito abençoado de ser quem eu sou". Militante da causa gay desde então, o porto-riquenho foi à sede de Organização das Nações Unidas (ONU), em dezembro de 2012, para defender o combate à homofobia.
 
 
2 – Daniela Mercury - Neste ano, a cantora se tornou o primeira grande estrela brasileira a se assumir homossexual publicamente. Ao sair do armário, Daniela foi fundamental para tornar a questão LGBT um debate nacional, reforçando a importância dos direitos legais dos homossexuais. Depois de revelar o seu amor pela jornalista Malu Verçosa , ela participou das paradas gays de São Paulo e Salvador. As duas se casaram oficialmente no último mês de outubro em Salvador,
 
 
3 – Elton John - Pai de dois filhos e casado desde 2005 com o produtor David Furnish, o artista britânico não se acanha em usar a sua fama internacional para combater o preconceito e defender os direitos da comunidade LGBT. John também comanda uma fundação que financia projetos relacionados à prevenção e ao tratamento da AIDS internacionalmente.
 
 
4 - Mika - No último mês de maio, o cantor de origem libanesa e naturalizado britânico foi o grande astro de um show que celebrou em Paris a aprovação da lei do casamento gay na França. 35 mil pessoas compareceram a comemoração. Fora do armário desde 2012, ele revelou no mês passado o desejo de se tornar pai. “Quem disse que um homem gay não pode ter filhos? Eu acho que sou capaz de dar a uma criança amor e uma boa educação, um ambiente acolhedor e livre”, declarou Mika, em entrevista à edição italiana da revista Vanity Fair.

 
5 - Ney Matogrosso - Mesmo sendo discreto sobre sua vida pessoal, o astro da MPB sempre falou de maneira franca de sua sexualidade, inclusive do seu intenso romance com o também cantor Cazuza . . Ele ainda participou recentemente da campanha pela aprovação do casamento igualitário no Brasil. Em 2008, em entrevista à Rolling Stone, Ney revelou que tomou conhecimento da homossexualidade ainda na infância, quando fazia a preparação para a cerimônia de primeira comunhão na Igreja Católica. “No confessionário, o padre me perguntou se eu havia feito 'saliência' com meninas. Respondi que não. Ele perguntou: E com meninos? Então me perguntei: E pode?”.
 
 
6 - Michael Stipe - Líder de uma das bandas mais importantes do mundo, o americano arrombou a porta do armário em 2001. Numa entrevista à revista Time, Stipe revelou que tinha um relacionamento de três anos com outro homem. Sete anos depois, em 2008, ele disse que se assumir gay era uma maneira de estimular outros jovens homossexuais a se aceitarem.
 
 
7 - Beth Ditto - Lésbica assumida e feminista de língua afiada, a vocalista da banda Gossip se casou com namorada de longa data Kristin Ogata no inicio do último mês de junho, no Havaí. Ela compartilhou o momento de felicidade ao postar uma foto do casamento numa rede social. “Muito amor e gratidão a todos os amigos e familiares que celebraram com a gente", escreveu Beth.
 
 
8 - Rob Halford - Numa atitude inédita para um cantor de heavy metal, o líder do Judas Priest saiu do armário em 1998. Desde então, Halford sempre fez questão de ressaltar que nunca sofreu preconceito dos familiares e amigos, e muito menos dos fãs. “Meu público simplesmente deu de ombros e disse ‘bom, para a gente não importa, apenas queremos que o Rob continue fazendo o que faz’”, explicou o roqueiro, numa entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, em 2008.

 
9 – Lance Bass - Famoso colega de Justin Timberlake na boy band N’Sync, o americano surpreendeu o público ao revelar que era gay em 2006, logo após o fim da banda. Recentemente, ele contou que não se assumiu antes por medo de prejudicar o grupo. O cantor está preste a subir ao altar. Lance está noivo do modelo e ator Michael Turchin .
 
 
10 - Fred Schneider - Cantor da banda B-52's, amada pela comunidade LGBT, o cantor foi um dos primeiros artistas a falar abertamente da própria homossexualidade, ainda nos anos 80. Na época, se assumir gay era uma atitude considerada como proibida no meio musical.
 
 

Comentários

  1. Realmente controverso, pois faltaram muitos nesta lista. Freddie Mercury, Cazuza, Renato Russo, Cássia Eller e tantos outros que são lembrados até hoje...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!