20/01/2014

Cardeal nomeado pelo papa diz que homossexualidade é deficiência e compara: "Tenho hipertensão"

 
Publicado pelo UOL
 
Para o novo cardeal espanhol da Igreja Católica, nomeado pelo papa Francisco, Fernando Sebastián, a homossexualidade é uma "deficiência" física e pode ser curada.
 
A declaração polêmica foi dada nesta segunda-feira (20), em entrevista ao jornal espanhol "Diario Sur".
 
Segundo o cardeal, a homossexualidade é uma forma "defeituosa" de expressar a sexualidade humana, que tem um "uma estrutura e um propósito: a procriação".
 
No entender do cardeal espanhol, já que um homossexual não consegue atingir esse propósito (o da procriação), ele está "falhando".
 
"Nossos corpos têm muitas "deficiências". Eu tenho pressão alta", declarou o cardeal.
 
À publicação espanhola, o cardeal disse ainda que chamar a homossexualidade de "deficiência" não é um insulto, mas uma ajuda, visto que é "possível recuperar (os homossexuais)" com o "tratamento certo".

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques