Fã brasileiro escreve carta de suicídio, mas Lady Gaga intervém para que não se mate

 
Publicado pelo MixBrasil
 
Todos os dias, a cantora pop norte-americana Lady Gaga responde diversos posts de seus fãs em seu portal “littlemonsters.com”. Na madrugada desta sexta-feira, 10, ela tentou impedir o suicídio de um fã brasileiro. Identificado como Will Nascimento, o garoto diz que sua mãe evangélica não o aceita como gay.
 
“Os últimos dois anos da minha vida foram um verdadeiro inferno. Desde que eu me assumi para minha mãe, ela vem dizendo coisas horríveis para mim.” Ele ainda diz na carta que sua mãe o chama de “drogado, ‘prostituta’, obsceno, promíscuo, demoníaco e condenado a ir para o inferno” e que “ela esfrega a Bíblia na minha casa sempre que pode”. No fim da carta, Will diz que partirá “com a lembrança da Gaga cantando meu nome durante a performance de ‘Alejandro’ na Born This Way Ball, do Rio de Janeiro”.
 
Imediatamente, Gaga respondeu a carta. “Não. Não. Não se atreva! Olhe para este lindo rosto. Toda a tristeza pode mudar, mas você tem que trabalhar nisso. Fale com aqueles que te apoiam e fique com a gente nesse site. Nós precisamos de você. Eu preciso de você. Sem você, eu iria perder uma parte do meu coração. Eu te amo, bebê monster. Algumas pessoas não têm compaixão, não se sinta mal, se sinta mal por eles.”
 
Após a resposta da cantora, o menino apenas respondeu “muito obrigado, monstros. Eu amo vocês”.
 
 

Comentários