21/02/2014

Carnaval de Olinda terá primeiro boneco gigante gay


Publicado pelo UOL

Além de figuras de Hugo Chávez e Ivete Sangalo, o tradicional carnaval de bonecos gigantes de Olinda (PE) ganhará o primeiro personagem gay. Ele vai desfilar no novo bloco do Menino Rosado, que sai às ruas também pela primeira vez no domingo, 23. Embalado por um frevo que celebra a diversidade, o novo bloco quer reunir gays e heteros na mesma folia.
 
Os responsáveis pelo bloco são dois foliões experientes: o empresário Ricardo Cavalcanti e o artista Silvio Botelho. Conhecido como pai dos bonecos, Botelho, desde 1974, é o bonequeiro responsável pela criação dos personagens que animam o carnaval de Olinda.
 
O primeiro desfile do bloco Menino Rosado era para ter acontecido no ano passado, mas, devido à grande quantidade de trabalho de Botelho, o boneco gay só ficou pronto dois meses antes do Carnaval. "Não dava tempo de colocar o bloco na rua", lamenta Cavalcanti.
 
O nome do bloco foi inspirado em uma brincadeira com um funcionário do empresário de Olinda. "Ele gosta de usar camisas rosas e comecei a chamá-lo de menino rosado da 13 de maio" – rua localizada no centro histórico de Olinda, ponto de concentração do público gay durante o carnaval da cidade.
 
O endereço gay é justamente o tema do frevo criado por Cavalcanti para animar o desfile de estreia do Menino Rosado. O empresário garante que o funcionário que deu nome ao bloco vai participar da folia, de rosa, e com a esposa.
 
Boneco gay
 
 
Já o projeto do 'boneco gay', que ganhou o mesmo nome do bloco, surgiu em uma conversa do bonequeiro Silvio Botelho com o prefeito Renildo Calheiro (PCdoB) e a ex-secretária de Cultura e Patrimônio, Márcia Souto.
 
Na ocasião, o artista foi convidado a montar o primeiro boneco gigante voltado ao tema da diversidade. Com isso, o Menino Rosado se tornou o primeiro boneco gay de Olinda e Recife. E o bloco carnavalesco, o primeiro ligado ao tema da diversidade a ter um registro na cidade, segundo Cavalcanti.
 
"Mas nossa ideia é reunir tanto o público homossexual quanto o heterossexual, promovendo igualdade de gênero", observa Cavalcanti.
 
O bloco do Menino Rosado também fará uma homenagem a um boneco famoso da região, o 'Menino da Tarde', que completa neste carnaval 40 anos de existência. "Foi o primeiro boneco do artista plástico Silvio Botelho, confeccionado em 1974", diz Cavalcante.
 
O boneco Menino Rosado também estará no badalado encontro dos bonecos gigantes, um dos maiores eventos da cidade que acontece na terça-feira de Carnaval.
 
"Este ano, o homenageado será Ariano Suassuna, suas obras serão contadas no desfile do Galo da Madrugada, que é o maior bloco carnavalesco do mundo", conta Cavalcanti.
 
Blocos de Olinda
 
Os blocos de Olinda em geral se concentram no começo da tarde e antes de anoitecer ganham as ruas. É quando o boneco sai com os passistas de frevo.
 
Logo atrás vem a orquestra de frevo com cerca de 50 músicos arrastando os foliões fantasiados ou com camisas do bloco, pelas ladeiras da Cidade Histórica.
 
No caso do Menino Rosado, Cavalcanti informa que o bloco terá alguns convidados especiais, como o artista plástico João Andrade e Pedro Augusto, travestido de 'Vagiene Coqueluche', drag queen conhecida na cidade.
 
O primeiro desfile do bloco do Menino Rosado acontece no próximo domingo, dia 23 de fevereiro, a partir das 12h, no Centro de Cultura Luiz Freire, sob o comando do empresário Ricardo Cavalcanti e do pai dos bonecos gigantes de Olinda, Silvio Botelho.
 
Serviço:
Bloco do Menino Rosado
 
Dia 23 de fevereiro de 2014, concentração às 12h.
Saída às 17h Centro Cultural Luiz Freire.
Rua 27 de Janeiro, 181, Carmo, Olinda
Shows de João do Morro, Banda Sem Razão, Swing do Amor, Grupo Família.
Itinerário do bloco – Rua 27 de Janeiro, Sede da Pitombeira dos 4 Cantos, Largo da Igreja de São Pedro, Licoteria, Rua Treze de Maio, Rua do Amparo, Bodega do Véio. Finaliza na Rua do Amparo
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques