25/02/2014

Guardas do Parque do Ibirapuera são flagrados agredindo gays no local


Publicado pelo MixBrasil
 
Gay denuncia agressão de segurança do Parque Ibirapuera, em São Paulo
 
Caminhando pelo parque do Ibirapuera na noite do ultimo sábado, 22 de fevereiro, por volta das 21h, o militante LGBT Bill Santos flagrou guardas terceirizados contratados pela administração do local agredindo gays no local. “Eu estava caminhando pelo parque quando vi seguranças contratados pelo parque agredirem gays com pauladas. O pessoal que antes tinha o Autorama, que foi fechado pela prefeitura, agora começa a frequenta o interior do parque e agora são tratados desta forma”, diz Bill.
 
Após publicar uma foto de um dos agredidos no ataque, Bill recebeu amplo apoio dos internautas em seu perfil no Facebook. “Após a agressão a vários gays eu consegui convencer um deles fazer boletim de ocorrência, fomos até o 4° DP, que fica na Rua Marquês de Paranaguá, fomos mal atendidos lá, liguei para um amigo advogado que nos aconselhou a irmos até o 14° DP, que lá nós seriamos melhor atendidos. E foi onde fizemos o boletim”, diz Bill sobre a dificuldade de registrar uma ocorrência por agressão física.
 
“Nós sabemos que rola uma certa pegação no Ibirapuera, a guarda coibir esta atitude tudo bem, o que não é aceitável é usar da agressão física contra gays. Eu fui tirar satisfação com um dos guardas que estava com um pedaço de pau em mãos praticamente batendo em um rapaz gay, quando fui conversar com ele logo o guarda chamou outros funcionários pelo o rádio. Alguns chegaram rapidamente de bicicleta, eles quiseram me bater, foi quando o rapaz da foto tirou o celular para começar a gravar e ele apanhou”, relata Bill sobre o caso.
 
O Mix entrou em contato com a Atento São Paulo Serviços de Segurança Patrimonial, empresa contratada pela administração do parque do Ibirapuera. De acordo com a empresa, “não é sabido de qualquer ocorrência deste tipo” e que é preciso investigar o caso. Até o fechamento desta matéria a administração do Ibirapuera não deu nenhum retorno sobre o caso e quais serão os procedimentos tomados.
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques