24/02/2014

Jason Collins se torna primeiro gay assumido a jogar na NBA

 
Publicado pelo Terra
 
Horas depois de assinar um contrato de apenas 10 dias com o Brooklyn Nets, o veterano pivô Jason Collins, 35 anos, entrou em quadra na noite desse domingo para enfrentar o Los Angeles Lakers e conseguiu dois feitos: ajudou sua equipe a conseguir a vitória e ainda se tornou o primeiro atleta assumidamente gay a jogar na NBA.
 
Mesmo fora de casa, os Nets venceram por 108 a 102. Collins esteve em quadra por 10 minutos, e conseguiu dois rebotes. Sua presença na partida, no entanto, foi o maior destaque da noite: o jogador quebrou um tabu entre as quatro maiores ligas profissionais esportivas dos Estados Unidos. Nunca na história da NBA (basquete), NFL (futebol americano), MLB (beisebol) e NHL (hóquei) um atleta havia assumido a homossexualidade enquanto em atividade.
 
O general manager da franquia, Billy King, afirma que o acordo foi feito apenas por motivos esportivos: "a decisão de assinar com Jason foi uma decisão puramente por causa do basquete. Com sua experiência, nós sentimos que a escolha certa era o contrato de dez dias". O pivô revelou ser homossexual no mês de abril de 2013, após atuar em sua última partida na NBA, defendendo a camisa do Washington Wizards.
 
Durante o tempo em que ficou sem time, Collins treinou por conta própria em sua residência em Los Angeles. Em 713 partidas disputadas em 14 anos na NBA (sete deles nos Nets quando a franquia tinha sede em Nova Jersey), o jogador teve médias de 1,1 ponto e 1,6 rebote.
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques