Médico gay vai participar de programa de TV que propõe 'cura' da homossexualidade

 
Publicado pelo DN
 
Médico e apresentador britânico homossexual vai submeter-se a controversos tratamentos no programa Cure Me, I'm Gay, que será emitido pelo Channel 4, no Reino Unido.
 
Ainda não se sabe a sua data de estreia, mas o documentário, que conta com a participação do médico Christian Jessen, já está a causar polémica.
 
Apresentador de Embarassing Bodies, Jessen vai ser a cobaia do novo formato do Channel 4, Cure Me, I'm Gay, que pretende testar uma série de tratamentos para "curar" a sua orientação sexual.
 
Para garantir que o médico não está a ocultar a sua homossexualidade, após os procedimentos, o documentário vai ainda utilizar um mecanismo para medir os estímulos sexuais de Christian Jessen.
 
Ativista dos direitos dos homens, Peter Lloyd já veio a público dar a sua opinião sobre o controverso documentário. "É ótimo que se produza este documentário, mas não pelas razões que se possa pensar. Se for feito corretamente, irá mostrar que tentar alterar a orientação sexual de uma pessoa é totalmente em vão", explicou, em declarações ao Daily Mail. "A medicina não pode, nem deve, alterar a orientação sexual de alguém. É a homofobia que deve ser eliminada, não a homossexualidade. Para além disso, a medicina tem outros assuntos com que se ocupar", atirou ainda.
 
 

Comentários