"Casa comigo Mano?" Por Leandro

  
 
Visto na Revista Lado A
Por Leandro
 
Recentemente, vi um vídeo que tem causado comoção no Facebook sobre um moço que quer namorar sério, se mete em todo tipo de relação e fica chateadinho porque a maioria dos gays só quer sexo, enquanto ele quer um boy magya para chamar de seu para todo o sempre.

Isso depois de várias horas no Grindr e de 500 mil boys musculosos passarem por sua cama. Depois de brigar com a mãe por ser homossexual e de levar tapa na cara da irmã pelo mesmo motivo... Eis que saltitava pela praia quando... Passa um moço para o qual sempre pagou pau e ele:
A) Continuou pagando pau platonicamente porque não sabia se o boy era HT, BI, Pan ou Gay e não queria levar pranchada com parafina na cabeça;

B) O parou para perguntar as horas, daí eles foram brincar de lutinha na varanda da casa do moço e depois o tal moço aparece com uma camiseta “Marry Me” na festa de aniversário dele, sendo que o anel de noivado estava em cima do bolo de aniversário. E assim eles casaram e viveram felizes para sempre.

E aí, “A” ou “B”? “A” ou “B”? “A” ou “B”? Sim, “B”. Porque se a resposta fosse “A”, o vídeo não causaria nenhuma comoção entre os 10 gays que compartilharam isso na minha timeline.

O interessante é notar que tenho mais de 300 coleguinhas gays no Face e só 10 compartilharam isso... Daí conclui que:

A) Gay é tudo safado e não quer saber de casamento;
B) Gay é tudo safado e não quer saber de vídeo sobre casamento;
C) Gay é tudo safado, mas quem não é safado é tapado então é melhor ser safado mesmo.

Claro, todas as alternativas são corretas, mas não dá para generalizar. Cada gay safado é um gay safado. Já que os gays são únicos e não são “Maria vai com as outras”, do mesmo modo que nenhum ser heterossexual é.

Sendo assim, a única coisa que posso concluir com toda a certeza é que eu já fui do tipo de gay que se chateava com a impossibilidade de um relacionamento sério. Hoje sou apenas um gay safado não casado. E, se por acaso, um dia, alguém me disser “Casa comigo, mano?”, minha resposta será: Depende. Que tipo de gay safado é você?

Leandro escreve para o doqueosgaysgostam.com e não curte gay tapado, nem gay safado e casado que age como se não fosse casado e se faz de tapado

Comentários

  1. Essa foi boa! Bom hoje pela segunda vez vejo este video postado, de fato vale a pena, é inspirador. Mas acho que a questão é mais complexa, envolve a dificuldade das pessoas aceitarem os defeitos alheios. Todo mundo quer amar mas algo fora do comum.

    ResponderExcluir
  2. Gabriel Mendonça20/03/2014 20:38

    Que video mais lindo!! ja mandei pro meu namorado quase noivo..muito perfeito

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!