18/04/2014

Casal vive expectativa por casamento dos sonhos em castelo

João (de verde) e André não escondem a ansiedade para a cerimônia.


Publicado pelo O Dia
 
Famosos no Youtube com pedido de casamento acessado mais de 200 mil vezes, eles celebram a união no próximo sábado em cerimônia na cidade de Petrópolis
 
Quando a canção Just The Way You Are, do Bruno Marz, tocar vai ser difícil para o casal João Geraldo Netto,31 anos, e André Moreira, 30, segurar a emoção. Depois de doze anos de uma história que começou com uma amizade e há apenas dois anos e meio virou um relacionamento dos mais apaixonados, os noivos finalmente vão trocar alianças e assinar o registro de casamento civil em cerimônia a ser realizada no próximo sábado (19) em um castelo na cidade de Petrópolis, Região Serrana do Rio.
 
João não esconde a ansiedade para a chegada do dia tão esperado. Morador de Brasília, ele chegou ao Rio no último sábado para acertar os detalhes finais do matrimônio. A distância que o impedia de tomar decisões no local da cerimônia o deixava ainda mais nervoso. “Costumo dizer que é a pior e a melhor sensação que já tive na vida. É uma mistura de satisfação e ansiedade. Boa e ruim. Não estou dormindo muito bem há alguns meses e isso tem me feito um pouco mal. Sou ansioso por natureza e é o evento da minha vida. Espero que tudo corra como planejamos e que os convidados presenciem um momento de muito amor”, declarou João, que é gerente de conteúdo do Departamento de DST/AIDS do Ministério da Saúde.
 
Com a proximidade da data, André revela também sofrer com a ansiedade para que tudo saia dentro do esperado. “Estou bastante ansioso. Fico imaginando como será a cerimônia, qual será o nosso grau de emoção no momento, se tudo que a gente idealizou para esse dia vai ser como queremos que seja, se nossos convidados se sentirão à vontade, coisas de quem vai se casar”, disse o analista comercial.
 
O castelo, uma construção do início do século XX, une diferentes influências arquitetônicas de épocas distintas. A decoração, segundo o casal, será inspirada em castelos medievais. Um brasão foi criado para o casamento e vai estampar vários elementos do ambiente da festa para 100 convidados.
 
O amor que vence o medo

 
João e André se conheceram na faculdade, na capital fluminense há doze anos. Eles estavam em relacionamentos, mas confessam que desde o primeiro olhar admiraram um ao outro. Os namoros que mantinham com outros caras acabaram e a relação de amizade foi se estreitando.
 
Quando João percebeu que aquela amizade, que já estava pra lá de colorida, poderia se tornar um relacionamento de verdade, chamou André para uma conversa séria e definitiva. Era a hora de conversar sobre AIDS. João é soropositivo desde os 19 anos em consequência de uma relação desprotegida.
 
Bem informado, André contou à reportagem que a revelação não foi um drama para o casal, que toma todos os cuidados para uma relação segura. “Eu acabei descobrindo que ele era soropositivo um mês depois que começamos a nos falar. Vi no perfil dele no Orkut uma campanha de esclarecimentos sobre a AIDS que ele fez para o Ministério da Saúde. Não houve surpresa quando dele me contou. Procurei apenas saber mais sobre a doença, pesquisar a respeito”, disse André.
 
Entretanto, eles passaram por um grande sufoco quando o analista comercial acabou exposto ao sangue de João durante uma relação sexual. A barba de André acabou espetando a pele do namorado, provocando um ferimento. Os dois procuraram de imediato atendimento médico para eliminar os riscos de contaminação. Mas André acabou sofrendo uma reação aos medicamentos e ficou dias internado.
 
“O meu maior medo era de ele adoecer por minha causa. Eu não sei se iria me perdoar. André já tem outros problemas de saúde e eu não queria dar a ele mais essa carga para carregar. Foi muito, mas muito difícil”, lembrou João. “Não consegui fazer a profilaxia pelos 30 dias sugeridos pelo medicamento. Foram 19 dias de muito enjoo, mau-humor, cólicas, câimbras. Minha família só soube do tratamento quando eu já estava no 15º dia, quando eu passei muito mal e tive que ser hospitalizado. Minha mãe ficou muito chateada por não ter dito nada a respeito, pois não queria preocupa-la. Fiquei cerca de quatro dias internado”, contou André.
 
Contudo, do momento de dor a relação ficou ainda mais forte. João e André davam força um para o outro para suportar aqueles dias de sofrimento. “Ele ficou muito mal e eram sempre conversas tristes, porque a tristeza estava comigo todo o tempo. Eu me sentia uma verdadeira “bomba biológica”. André sempre foi compreensivo e não me culpou em nenhum momento”, recordou João. Para diminuir ainda mais os riscos de contaminação, ele passou a tomar os medicamentos liberados pelo Ministério da Saúde indicados para uma relação entre um soropositivo e um negativo. “Não tive dúvidas e resolvi entrar de cabeça. Não pensei duas vezes, iniciei assim que pude. E com certeza a relação ficou mais forte, porque tirei vários dias para cuidar dele e vi o quão frágil ele podia ficar e eu tinha o dever de cuidar dele”, ressaltou João.
 
Pedido de casamento visto por mais de 220 mil pessoas
 
O pedido de casamento, há um ano e meio, foi visto por mais de 220 mil pessoas na internet. João levou o futuro marido para uma praia na Ilha Grande , na Costa Verde do Rio, e exibiu um vídeo com um jogo de perguntas e respostas, o Show Do Mozão, inspirado no Show do Milhão de Sílvio Santos. Cabia a André acertar as perguntas sobre momentos especiais do relacionamento do casal. A última , obviamente, era se aceitava ser “seu noivo e futuro marido para o resto da vida”. Adivinha qual foi a resposta, nobre leitor? Um emocionado e sonoro SIM! O vídeo emocionou muita gente (incluindo este blogueiro) que confessou nos comentários no Youtube ter ido às lágrimas . “Olho encheu de lágrima, porra”, escreveu um rapaz nos comentários do site de vídeos.
 
“Não sei descrever o que senti”, disse André, para depois completar: “Foi um misto de surpresa com alegria. E receber uma aliança de compromisso junto à um pedido de casamento, da forma que foi feito e no local que foi feito, foi maravilhoso. Não tinha como dizer não”.
 
 
Esta reportagem não poderia terminar de maneira menos romântica, com o casal dizendo o que sente um pelo outro. Primeiro o príncipe André: “Cada dia que passa sinto que além de aprendermos muito um com o outro, somos melhores em tudo um com o outro, o que acaba nos fazendo ser mais cúmplices um do outro, mais amigos, mais amantes. Em resumo, João é um presente em minha vida. Alguém especial que veio pra somar, me fazer crescer, me fazer amar e sentir amado. Se eu puder resumir, é a pessoa com quem pretendo passar o resto de minha vida”.
 
E, por fim, o romântico João: “O André é o maior presente e uma das pessoas mais importantes da minha vida. Nunca pensei em encontrar uma pessoa que me completasse tanto e me trouxesse tanta alegria. Ouvir o “bom dia” dele faz tudo parecer mais fácil e mais bonito. Sinto como se eu pudesse passar por todas as dificuldades com mais facilidade se ele estiver comigo. Seu senso de humor e inteligência me fazem ter certeza de que é o homem com quem quero dividir todos os dias da minha vida. Ele é carinhoso e preenche meu coração de amor. Quero vê-lo feliz e estou fazendo de tudo para que isso seja uma constante em nossas vidas. Aliás, fazê-lo feliz é um dos meus maiores objetivos de vida, pois entendo que tiro a minha felicidade da dele”.
 
Felicidades, garotos! Veja notícia no O Dia: CLIQUE AQUI!
 
 
 

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques