Transexuais poderão usar nome social no Enem - Veja dicas sobre a inscrição

 

Publicado pelo G1 

Candidatos travestis ou transexuais poderão usar o nome social para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para isso, precisará fazer uma solicitação por telefone ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) durante o prazo de inscrição. A novidade foi publicada nesta segunda-feira (12) no site oficial do Enem, que traz um "passo a passo" para a inscrição no exame. O prazo de inscrição começa nesta segunda e vai até o dia 23.

Diz o site: "O participante travesti ou transexual que desejar ser identificado por nome social nos dias e locais de realização do exame deve fazer essa solicitação pelo telefone 0800-616161, até o final do período de inscrição". O edital do Enem 2014, no entanto, não faz nenhuma referência ao uso do nome social do candidato. 


No ano passado, algumas candidatas transexuais que fizeram a edição de 2013 do Enem relataram que sofreram constrangimento na hora de apresentarem o documento de identidade aos fiscais das salas de prova. Como usam um nome social diferente do nome indicado no documento de identificação, duas estudantes transexuais disseram que só receberam o caderno de provas no primeiro dia depois de um longo processo de conferência de dados. Uma delas foi tratada como se houvesse perdido o documento de identidade. 

O Enem serve para o estudante disputar uma vaga em uma universidade federal, bolsas de estudo parciais ou integrais em universidades particulares por meio do Prouni, bolsas de intercâmbio pelo Ciência sem Fronteiras e para universitários que querem financiar um curso superior pago por meio do Fies. O passo a passo mostra como a inscrição deve ser feita e traz informações importantes, como a de que o Cartão de Confirmação da Inscrição será enviado, por via postal, para o endereço informado pelo participante no ato da inscrição; como encontrar no sistema a escola onde fez o ensino médio; e de que o estudante deverá guardar o número de inscrição para acessar o sistema futuramente.

Veja as dicas completas no G1: CLIQUE AQUI!

Comentários