Ator deixou ‘True blood’ para não interpretar personagem gay


Publicado pelo O Globo

O ator Luke Grimes, que interpretava o vampiro James em “True blood”, da HBO, resolveu sair da série por se recusar a interpretar um personagem gay.

O primeiro episódio da sétima — e última — temporada da série, que estreou nesta semana, dá fortes indícios de um envolvimento amoroso entre James, agora interpretado por Nathan Parsons (saiba mais sobre o ator), e Lafayatte, vivido por Nelsan Ellis (foto ao abaixo). E essa reviravolta no personagem teria sido o motivo para a decisão de Grimes em abandonar o show.


Em dezembro, quando foi anunciada a saída do ator, a HBO soltou um comunicando explicando que o ator deixava o programa devido à “direção criativa do personagem”. Mas de acordo com o site “Buzzfeed”, uma fonte envolvida com a produção da série, que preferiu não se identificar, informou que o ator disse que não faria cenas de beijo ou sexo gay após ler o roteiro para a nova temporada. Como os roteiristas se recusaram a mudar o script para o ator, ele abandonou a série.

O assessor de imprensa de Grimes, Craig Schneider, afirma que o ator saiu de “True Blood” por incompatibilidade de agenda. "Luke tinha uma cláusula que o deixava sair caso outras oportunidades surgissem, e isso ocorreu com sua participação nos filmes “The Shangri-La suite”, “50 tons de cinza” e, mais recentemente, “American sniper”, de Clint Eastwood", disse em entrevista ao site. "Não teve nada a ver com o roteiro".

Ainda segundo a fonte, os roteiristas e colegas de elenco teriam ficado furiosos com a relutância de Grimes em aceitar a orientação sexual de seu personagem, já que a série sempre sempre apresentou uma temática simpática ao universo LGBT.

“True Blood”, no ar na HBO Brasil, terá seu último episódio exibido no dia 24 de agosto.

Veja direto no O Globo

Comentários