Filme com Daniel Radcliffe em cenas homoafetivas picantes chega aos cinemas


Publicado pelo Mix Brasil

Em “Versos de um Crime”, de John Krojidas, em cartaz nos cinemas brasileiros, Daniel Radcliffe mostra que está crescidinho. Ele bebe, usa drogas, se masturba, faz sexo e troca carícias com outros homens, um personagem completamente oposta ao que os fãs da saga “Harry Potter” estão acostumados a ver na pele de Radcliffe.

Seu papel no longa-metragem independente é do poeta Allen Ginsberg, expoente da geração beat da literatura americana. Na trama passada nos anos 1940, ele ainda é um jovem, no processo de descobertas.

Daniel diz que o filme não reverencia os escritores desta geração. “Há uma tendência de colocar esses caras em um pedestal por terem se tornado gigantes da literatura americana. Não é nisso que estamos interessados. Estamos interessados em mostrá-los correndo por aí e se divertindo em Nova York, na época em que todos eles se conheceram”, explica o ator.


Reações

O público brasileiro ficou chocado ao ver Wagner Moura no papel de um homossexual, a grande questão é, quando é um ator estrangeiro sai do seu mundo comum e interpreta algo diferente para ele e para os fãs (um gay) a reação de estranhamento será a mesma?

Veja direto no Mix Brasil

Comentários

  1. Acho que no caso do Dan não, porque uma porcentagem dos fãs dele são gays e/ou lésbicas, e eles são abertos a mudanças, agora os fãs do Wagner continuam apegados à imagem do Capitão Nascimento, por isso a rejeição foi maior.

    Enfim, eu assisti o filme (em inglês), e é fantástico, recomendo a todos que assistam!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!