27/07/2014

Sem medo de ser quem é: fotógrafo retrata adolescentes gays dos Estados Unidos

Visto no Catraca Livre
 
Objetivo da série Queer Kids é dar visibilidade e voz que as gerações anteriores não tiveram
 
O fotógrafo Michael Sharkey, radicado em Nova York, criou a série Queer Kids, que consiste em fotografar e coletar depoimentos de adolescentes e jovens adultos gays dos Estados Unidos.
 
Segundo Michael Sharkey, a ideia é dar voz e visibilidade para os jovens. Uma vez que a geração do fotógrafo, nos anos 80, não teve a mesma oportunidade.
 
O autor do projeto conta que apanhou no colégio por ser gay e queria captar o medo e insegurança dos jovens. Porém, ele se surpreendeu ao encontrar uma geração segura e confiante, que não tem vergonha de ser homossexual.
 
 
 
Andy, 18, e Tanner, 16. Orinda, Califórnia. “Eu descobri que era gay quando alguém me disse o que a palavra gay significava. Isso foi na quinta ou sexta série”- Andy. “Eu me revelei aos 13 anos, mas já sabia aos 11″ – Tanner.
 
 
 
Jonathan, 20, San Angelo, Texas. “Eu tive problemas algumas vezes com a questão de gênero na minha vida. Eu vejo como algo bem fluído e fácil de manipular”
 
 
 
Patrick,22. “Eu descobri que era ‘veado’ esse ano. ‘Gay ‘ é muito amigável e legal. ‘Veado’ está na chama a atenção . É não ter vergonha. E isso combina mais comigo”



Brandon, 18. Miami, Florida. “Minha avó é a pessoa mais importante para mim. Ela está sempre comigo, me ama diariamente e aceita quem eu sou”.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques