"Macaquinhos"



Visto no Como Clube 

Desbunde: deboche: degredo: ingênuo: vulgar: arcaico: frágil: intimo: comum: construir uma fisicalidade a partir do cu: brincar de epistemologia do cu: parodiando: Macaquinhos assenta em três orientações: aprender que existe cu: aprender a ir para o cu: aprender a partir do cu e com o cu.
 
Macaquinhos é uma performance concebida por Caio, Mavi Veloso e Yang Dallas dentro do contexto do projeto 1000casas do Núcleo do Dirceu, Teresina-PI. Essa performance nasceu em 2011 como uma intervenção no Museu do Piauí a convite do curador independente Gustavo Carvalho e teve alguns desdobramentos em 2013 dentro do contexto da Residencia artística Jardim Equatorial no COMO-clube, São Paulo-SP.
 
A partir do convite do artista Fabio Morais para apresentar uma performance dentro da sua instalação Modelo Vivo na 10ª edição da Mostra de performance VERBO [SP], surgiu a oportunidade de dar continuidade a esse trabalho e agregar os artistas Ana Carolina Pires, Andrez Lean Ghizze, Eidglas Xavier, Luiz Gustavo Lopes, Rafael Amambahy, Teresa Moura Neves e Yuri Tripodi na criação dessa performance.
 
Macaquinhos foi realizada no dia 29/07/2014 das 20h as 22h dentro da instalação Modelo Vivo, de Fabio Morais, na 10ª edição da Mostra VERBO.
 

 

Comentários

  1. que bosta......"arte" é qualquer lixo mesmo hoje em dia...

    ResponderExcluir
  2. Perdi meu precioso tempo vendo esse lixo. Realmente é um cu de vídeo! Extremo mal gosto! Definitivamente arte não é isso!

    ResponderExcluir
  3. É diferente. É sensual. É ousado... e as pessoas ou não estão acostumadas, ou são "reprimidas" socialmente em relação ao sexo e à nudez porque a religião diz que é "pecado".
    Eu vi como arte, mas preferiria que fosse mais lento e com uma música instrumental erudita para passar todo o clímax da sensualidade humana mostrando mais afetividade e carinho... Muito bonito, mas muito rápido! Seria por pudor ou só uma ideia do idealizador. É uma pena a visão fechada das pessoas em pleno século XXI. Ou pura hipocrisia, afinal o brasileiro aprecia belas nádegas... :-)Eu aprecio. Abraço a todos! Prof. MOACIR.

    ResponderExcluir
  4. Tédio de quem acha que causa com cu e de quem se choca com cu.

    ResponderExcluir
  5. Depois dizem que estamos evoluindo, querer voltar ao primotivismo que coisa nojenta e suja, se isso for ser sensual kkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!