Autora de Harry Potter, J. K. Rowling responde a homofóbico no Twitter



Raramente a autora J. K. Rowling, famosa mundialmente pela série Harry Potter, responde alguém em suas redes sociais. Porém, quando o faz sempre causa estardalhaço. O que aconteceu dessa vez foi que um tuíte de Rowling, publicado em maio, foi respondido por um usuário homofóbico.

O tuíte dela falava sobre o fato de terem passado dezesseis anos desde que havia escrito a batalha de Hogwarts. “I hated killing some of those people” (T. L.: Eu odiei matar algumas daquelas pessoas). Ao que o usuário respondeu:

@jk_rowling once u revealed Dumbledore was homosexual I stopped being a fan. Nice how u blindsided us with that one. Enjoy your billion $ - @halfelven55ff.

T.L: @jk_rowling, desde que você revelou que Dumbledore era homossexual eu parei de ser fã. Legal como você nos iludiu com essa. Aproveite seu bilhão $

A autora não escondeu sua desaprovação e foi direta:


T. L.: @halfelven55ff Eu recomendo que você comece a seguir o Brian Souter imediatamente. Ele é muito mais o seu tipo de pessoa.

Brian Souter é um empresário escocês que doou um milhão de libras para financiar uma campanha que visava proibir a promoção de discussões sobre homossexualidade nas escolas. Doou também mais um milhão para o Partido Nacionalista Escocês, que diversas vezes afirmou ser contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Falando em termos mais comuns para os brasileiros, é como se Rowling recomendasse ao usuário que seguisse personalidades como o Bolsonaro ou o Marco Feliciano.

Veja direto no Cabine Literária

Comentários