Lésbicas proibidas de se beijar num supermercado são apoiadas com invasão pacífica de beijos


Visto no Dezanove

Há uma semana, Annabelle Paige, uma estudante da Universidade do Sussex, fazia compras com a namorada num dos supermercados da cadeia Sainsbury em Brighton, considerada a cidade mais gay-friendly do Reino Unido.

Depois de ter dado um beijinho na bochecha da companheira, o segurança do estabelecimento veio adverti-las que, ou paravam com a troca de mimos ou teriam de sair, uma vez que um dos clientes estava se sentido enojado com a situação.

Três dias depois, na última quarta-feira à noite, reuniram-se à porta da loja cerca 200 pessoas, num protesto organizado pela universidade da estudante, contra a discriminação LGBT. Casais gays, lésbicos e heterossexuais invadiram então, ordeiramente, o supermercado da New England Street e trocaram beijos e afetos em defesa dos direitos dos homossexuais. Pouco depois os apoiantes abandonavam o local sem que se tivesse registrado qualquer incidente e nomeando a ação como Big Kiss In.


A cadeia Saisbury's já tinha feito um pedido de desculpas público pelo incidente (embora tenha assegurado que o segurança em questão havia sido contratado por uma terceira entidade) e aceitou de forma descontraída a "invasão", mostrando-se satisfeita por todos se terem divertido e sublinhando a importância de se ser um "negócio e um empregador inclusivo".

Veja direto no Dezanove

Comentários