13/10/2014

Na Catalunha, nova lei prevê multa de 14 mil euros para agressões contra homossexuais

 
Visto no Catraca Livre
 
Com aprovação de 80% da câmara, Espanha se destaca no cenário internacional na luta pelos direitos LGBT; Relembre iniciativas que buscam o fim do preconceito.
 
Enquanto no Brasil, um homossexual é assassinado a cada 28 horas, a região da Catalunha, na Espanha, aprovou uma lei que é considerada pioneira na luta contra a homofobia em todo o mundo. A partir de agora, todos que forem acusados de homofobia no local de trabalho serão considerados culpados até se provar o contrário.
 
Antes de ser aplicada a homossexuais, a lei previa punição para crimes de violência doméstica contra as mulheres. Com aprovação de 80% da Câmara, a nova lei prevê multa de 14 mil euros (43 mil reais) para quem praticar algum tipo de agressão contra gays, lésbicas, bissexuais e travestis.
 
Mas apesar dos esforços das autoridades, ocorrências revelam que houve aumento da violência homofóbica no país. De acordo com ONGs espanholas, em 2013, aproximadamente 1.172 crimes de ódio foram registrados em 2013 e 452 deles motivados por orientação sexual.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques