Veterana da Marinha é autorizada a enterrar esposa em cemitério militar dos EUA



A veterna com 74 anos só conseguiu a autorização depois da aprovação da igualdade no casamento para gays e lésbicas no Idaho.

Para Madelynn Lee Taylor foi a realização de um sonho de longa data ter a possibilidade de ficar junta para sempre com o amor da sua vida e com quem casou tanto a nível religioso como a nível legal.

E era justo que uma veterana que serviu o seu país tivesse a possibilidade de usufruir de uma regalia militar disponível para todos os militares.

No entanto o cemitério militar do estado do Idaho é gerido pelo estado, e só após a alteração da constituição para permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo é que foi possível realizar o sonho de Taylor.

Logo após a entrada em vigor da alteração da lei, Taylor dirigiu-se ao escritório de gestão do cemitério para preencher a documentação necessária para o processo que teve inicio o ano passado, e pedir também uma placa de granito com o seu nome e o nome da sua esposa, Jean Mixner. A placa também terá escrito “Together Forever” (Juntas Para Sempre).

Veja direto no Portugal Gay

Comentários