Esta carta-depoimento de um ex-homofóbico vai te fazer chorar: "Me perdoem pela ignorância de quase uma vida"

 
Por Thiago Araújo para o Brasil Post
 
Publicada há pouco mais de uma semana pela Veja Brasília, a reportagem Território Livre mexeu realmente com os leitores da revista. Na edição lançada no dia 22 de fevereiro de 2014, a seção de cartas dos leitores deu destaque para este depoimento emocionante publicado no Facebook da revista.
 
 
Não é fácil abrir o meu coração, pois meus oito filhos, seis netos, irmãos, vizinhos e amigos vão ler (“Território livre”, 19 de fevereiro). Tenho 62 anos, sou militar da reserva e fui criado em uma sociedade em que homem gosta de mulher. Confesso que eu e mais seis amigos demos porrada em um homem em 1972 porque ele tinha tendências homossexuais. Preferia os gays lá e eu cá. Hoje, percebo quanto fui rude e idiota. No Natal do ano passado, meu neto de 18 anos assumiu na ceia que é homossexual. Foi um choque. Minha mulher, a mãe dele e eu passamos a ler muitos livros para entendê-lo. Nada, porém, foi tão esclarecedor quanto ver a foto daquela família reunida no altar com um casal de rapazes. A alegria das crianças naquele cenário de amor é uma bênção e ao mesmo tempo um tapa na minha cara. Chorei muito. Para entender o que se passa, basta ler uma frase na revista: “(Ser homossexual) é tão natural quanto o pôr do sol”. Que o Senhor e minha família me perdoem pela ignorância de quase uma vida. Meu neto, eu te amo.

Raimundo Nonato Oliveira Campos

Comentários

  1. Que bom! Mas o que foi mesmo que mudou a cabeça desse homem? A coragem de um neto que saiu do armário, que se colocou com orgulho e coragem. Se ele tivesse ficado escondido pelo resto da vida, essa carta nunca teria sido enviada à revista e essa matéria não seria lida agora por tanta gente feliz em ver o resultado.

    Viver fora do armário faz toda a diferença.

    Sergio Viula
    www.foradoarmario.net

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!