29/12/2014

Os 10 melhores clipes do mundo com teor gay em 2014!


Por Homorrealidade

Durante todo o ano, semana a semana, o canal GayMusicChart apresentou e perguntou quais eram os melhores clipes LGBT lançados ao redor do mundo. O público votou e os números foram somados para a seleção dos melhores do ano. Confiram os 10 mais votados de 2014:

"Just Behind" – Pongsak em parceria com Bem Chalatit

Os dois cantores são tailandeses e se uniram nesta canção por serem abertamente gays e por terem declarado publicamente sua homossexualidade em 2013. Felizmente, a saída do armário não afetou a carreira de nenhum dos dois, pois continuam tendo contratos e público como antes. O duo com esta canção foi um enorme sucesso, com 14 milhões de visualizações no youtube. O vídeo “Logo Atrás” mostra os cantores seguindo seus respectivos ex-namorados, por estarem arrependidos e desejarem uma reconciliação, mas ao final acabam surpreendidos. A fila andou.



“Start Again” – Com Ryan Dolan

O cantor irlandês afirmou sua homossexualidade em 2014, durante a promoção de seu single que causou muita repercussão no país. O clipe representa o mal da homofobia. Enquanto um adolescente gay se suicida por não suportar mais tanto bullying e por perceber que seu próprio namorado não o defende, por medo de ser intimidado também. O vídeo “Começar de Novo” já teve quase um milhão de visualizações no YouTube .



“You're gay” – De Sebastian Castro

Esse peruano-japonês-americano é ator, cantor , artista visual e também sensação do YouTube. Nesse clipe intitulado “você é gay”, ele interpreta um jovem gay nerd que, na faculdade, descobre a receita de uma poção mágica para transformar qualquer hétero em gay. O vídeo já tem mais de 400 mil visualizações no YouTube.



“I Try to Talk to You” – De Hercules & Love Affair com participação de John Grant.

Na música “Eu tento falar com você”, enquanto um casal gay dança pelos cômodos de uma casa, a música conta a história de como John Grant se tornou um homem HIV-positivo. O vídeo já foi visto mais de 340 mil vezes no Youtube.



“Leave your lover” – Com Sam Smith

O clipe mostra um suposto triângulo amoroso entre dois homens e uma mulher, incluindo o próprio cantor. Mas ao final, podemos entender que SAM parece amar o seu amigo e não a mulher . Sam Smith usou o clipe para abrir especulações e poder assumir que era homossexual. O vídeo “Deixe seu/sua amante” já soma mais de 16 milhões de visualizações no YouTube.



“Zeppelin” – De Eli Lieb

Após a sucesso de seu vídeo " Young Love" no ano passado, a cantor norte-americano continuou a lançar novos vídeos antes do lançamento de seu próximo álbum. A música “Zeppelin” foi a mais popular, com mais de 300.000 de visualizações no YouTube e um clipe com teor novamente homoafetivo.



“The Love You Have in You” – De Asbjørn

O cantor dinamarquês radicado na Alemanha fez este ano uma promoção regular de seu EP " Pseudo Visão" , enviando regularmente um vídeo da música de cada uma das suas faixas. O clipe de “O amor que possui em você” foi o mais bem sucedido, com 65 mil visualizações . O apelo sexual vende, mas o vídeo chamou atenção por ser sensual e suave.



“This Could Be Us” – De Doug Locke

O cantor americano estreou este ano os dois primeiros clipes de sua carreira. O vídeo de “Poderia ser a gente”, com quase 400.000 visualizações no YouTube , foi o mais popular por causa da bela história que conta. O clipe narra a relação de amor de dois homens de 1969 até hoje, fazendo uma referência sobre como era difícil assumir uma relação no passado.

 


“Der Tag Wird Kommen” – De Marcus Wiebusch

Esta canção alemã fala sobre a homofobia no futebol profissional. Diz que chegará um dia em que nenhum jogador profissional precisará esconder sua homossexualidade. O vídeo de “Chegará o Dia” foi financiado via crowdfunding e contou com a participação de torcedores de vários clubes. Marcus Wiebusch já ganhou duas vezes o prêmio de música de Hamburgo. Ele foi homenageado na categoria "Artista do Ano" por esta canção. O clipe já foi visualizado mais de 800 mil vezes no YouTube.



“First Time He Kissed a Boy” – da Kadie Elder

Essa banda dinamarquesa apresentou em outubro o clipe da música “A primeira vez que ele beijou outro garoto”, contando a história de dois jovens que, mesmo percebendo o preconceito homofóbico em sua volta, experimentam viver uma relação. O vídeo já teve mais de 15 mil visualizações no YouTube.


Um comentário:

Antônio Deol disse...

nENHUM video brasileiro...pq serah?!!

Marcador Em Destaques