10/01/2015

Beijo gay de “Amor à Vida” causa polêmica ao ser exibido no Chile

 
Por Felipe Brandão para o Portal Overtube
 
A novela brasileira Amor à Vida teve seu último capítulo exibido ontem (terça-feira, 6) no Chile, onde foi ao ar sob o título internacional de Rastros de Mentiras. O final da história de Walcyr Carrasco causou frisson entre o público de lá, sobretudo pela transmissão do beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) – o primeiro entre pessoas do mesmo sexo na história da TV aberta chilena.

A polêmica aconteceu, entre outras razões, porque Amor à Vida foi ao ar pelo Canal 13, ligado à Igreja Católica. Muitos consideravam a hipótese de o beijo entre Niko e Félix ser cortado do episódio final. Chegou a haver inclusive uma mobilização por parte de telespectadores, algumas semanas atrás, para que o corte não acontecesse. Também contribuiu para o diz-que-me-diz o horário em que a trama foi ao ar por lá, às 18h.

Rastros de Mentiras estreou no Chile em junho do ano passado, no horário nobre do Canal 13, visando competir com as principais produções da concorrência – a novela local Vuelve Temprano (Volte Cedo), do canal TVN, e o folhetim turco As Mil e uma Noites, que vinha rompendo recordes de audiência na rede Megavisión e, por sinal, estreia no Brasil em março pela Band. No entanto, a trama brasileira não alcançou os índices de audiência esperados e acabou remanejada para a faixa da tarde, onde os números subiram consideravelmente.

O último capítulo de Rastros de Mentiras registrou média de 10 pontos e picos de 11, posicionando-se na liderança no horário. O final será reprisado hoje (quarta-feira, 7) e a partir de amanhã (quinta-feira, 8) a novela brasileira será substituída pela produção turca Kuzey Güney.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques