04/02/2015

Padaria que se recusou a fazer bolo para casal lésbico pode ter de pagar R$ 400 mil


Visto no site ParouTudo

A homofobia vai custar caro para uma padaria que se recusou a fazer um bolo de casamento para um casal de lésbicas. A sentença, que será anunciada em 10 de março, pode condenar os donos a pagar até US$ 150 mil (cerca de R$ 400 mil) às duas mulheres.

Laurel Bowman e sua noiva tiveram o pedido recusado em janeiro de 2013 na loja Sweet Cakes by Melissa, que ficava em Gresham, no Estado norte-americano do Oregon. Um dos proprietários, Aaron Klein, alegou “crenças religiosas” quando explicou o motivo da recusa e chamou a união de “abominação ao Senhor”.


Elas prestaram queixa ao Escritório de Trabalho e Indústria de Oregon alegando que isso feria a Lei de Igualdade do Oregon que protege direitos arco-íris no Estado.

“A lei prevê uma isenção para as organizações religiosas e escolas, mas não permite que as empresas privadas discriminem baseadas em orientação sexual”, disse o porta-voz do escritório, Charlie Burr, ao jornal USA Today.

Ele explica: “Os donos da padaria podem ser religiosos, mas a sua loja é uma empresa privada e não uma organização religiosa”.

Por causa da reação do público, a padaria fechou as portas no final de 2013 para se tornar uma “padaria em casa”, segundo eles. Os proprietários deixaram, à época, um bilhete na porta dizendo: “Sua liberdade religiosa está se tornando não-liberdade mais”.

Veja direto no ParouTudo

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques