Residência de lésbicas recebe pichações homofóbicas depois de inundação


Visto no Portugal Gay

Aconteceu na Austrália. Dias depois de terem sido evacuadas devido a uma inundação na zona da Tasmânia onde moravam, Lavinia Pike, sua esposa e a filha adolescente voltaram para casa e foram surpreendidas com pichações homofóbicos nas paredes e no chão da residência.


O fato só foi descoberto quando Pike precisou retornar em casa para dar comida aos animais. Pike, que sofre de asma e já tratava-se de problemas emocionais, disse que as três estavam “enojadas, zangadas e desiludidas” com toda a situação. “Já aguentamos muita coisa. Eu já estou doente, já sofro de depressão e ansiedade e agora vêm isto.”

Durante o ataque também foi roubado um computador. A polícia está investigando a situação.

Veja direto no Portugal Gay

Comentários