10/03/2015

‘Eu adoraria ter um filho ou filha homossexual’, diz Felipe Neto



Visto no O Dia
Por Felipe Martins

O vlogueiro Felipe Neto entrou no desafio proposto na web de contar 50 coisas que as pessoas desconhecem sobre ele. Entre as revelações que surpreenderam os fãs do artista e empresário está o fato de ele admitir …gostar da boy band One Direction. Mas isso a esse blog não interessa. No tópico 37, Felipe, que já gravou um vídeo campeão de acessos contra a homofobia, disse que adoraria ter um filho gay.

“Eu adoraria ter um filho ou filha homossexual. Eu acho que os gays são muito mais carinhosos, muito mais intimistas com os pais. Eu acho que seria uma experiência incrível poder mostrar o meu apoio a um filho ou filha homossexual. Poder ajudá-lo a vencer o bullying. Poder sentir que eu contribuí de alguma forma para vencer esse preconceito filho da puta que tem na sociedade”.


Ele ainda contou que teve a certeza de não ter atração por homens ao beijar um colega de profissão no palco, que foi ao último show de Sandy e Junior no Rio, que decidiu ser ator por causa do papel de Bruno Gagliasso em Chiquititas, que namorou uma atriz de Chiquititas e que recusou uma proposta de R$ 30 milhões de reais para vender a Paramaker, produtora de vídeos criada por ele com o sucesso no YouTube.

Essa fixação pela novela infantil do SBT e o gosto por imitar o cantor Latino quando criança fez a mãe realmente acreditar que o pequeno Felipe seria gay (Nota irônica do blog: eu só ficaria preocupado com a saúde mental do meu filho). “Eu tinha tudo para ser gay. A única diferença que eu tenho para um gay é o fato de que eu gosto de mulher. Fora isso eu sou mais gay que muito gay”, disse ele.

(Segunda nota do blog: Depois do escândalo por causa de uma baratinha no apartamento, não é possível ter dúvidas).


Eu matava essa barata com uma mão só. Pegava o Baygon há quilômetros de distância e assassinava a infeliz.



Veja direto no O Dia

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques