Filho de casal gay é espancado e entra em coma

 
 
Adolescente de 14 anos apanhou dentro de escola pública na Vila Jamil, em Ferraz de Vasconcelos Um adolescente de 14 anos foi espancado dentro de uma escola pública na Vila Jamil, em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, na manhã de quinta-feira (5). A vitima está internada no Hospital Regional da cidade em estado grave.
 
De acordo com o delegado que investiga o caso, o adolescente sofria preconceito e foi agredido por ser filho adotivo de um casal gay. Os médicos relataram aos familiares que o garoto teve aneurisma cerebral e está em coma induzido.
 
Dois dos agressores estiveram na casa da avó do menino e se desculparam pelo ocorrido. Um boletim de ocorrência foi registrado pelos pais da vítima na Delegacia de Ferraz de Vasconcelos.

Comentários

  1. A agressão ao diferente é, desde muito tempo, uma mensagem subliminar absorvida pela maioria da sociedade. Felizmente já temos legislações anti-racismo e de repressão da violência à mulher. Lei anti-homofobia já!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!