19/04/2015

Justus comenta reação caso tivesse um filho gay: "Seria desgostoso"


Visto no UOL
O empresário e apresentador Roberto Justus rebateu assuntos espinhosos durante participação no "Programa Raul Gil", do SBT, deste sábado (18). Sabatinado por Thammy Miranda, Val Marchiori, Lidya Sayeg e Penélope Nova, Justus não escapou de nenhuma pergunta e comentou sobre as mudanças na Record, negou ter traído Ticiane Pinheiro, e afirmou que ter um filho gay "não o deixaria feliz". 
Justus se casará com Ana Paula, modelo a ex-participante de "O Aprendiz, no dia 30 de abril, dia em que completará 60 anos --a diferença de idade entre os dois é de 32 anos. Esse será o quinto casamento do publicitário.
"Eu não tenho aquela história de loira ou morena, eu tenho a mulher ideal naquele momento. Minha mulher tem 32 anos a menos que eu. Meus filhos amam a Paula. Mulher tem que ter ocupação, tem que ter assunto. Eu exijo isso, para mim isso é importante. Aprendi a não rotular a mulher ideal. Ela é muito mais madura do que muita mulher que já conheci", disse. "As pessoas ficam enrolando relações infelizes e jogam a vida fora", completou, ao justificar os cinco casamentos.
Questionado por Val Marchiori sobre uma suposta traição a Ticiane --os dois foram casados entre 2007 e 2013 e tiveram uma filha, a Rafaela--, Justus negou a infidelidade. Segundo Val, Justus esteve casado com Ticiane e namorando Ana Paula ao mesmo tempo. Foi aí que os dois meio que se alfinetaram.
"Outra mentira deslavada. É porque foi tudo muito rápido", disse ele. "Mas você terminou com uma e já estava na casa da outra", disparou Val. "Que mentira! Namoramos um ano antes antes de morarmos juntos", respondeu Justus. "Mas saiu nas revistas", insistiu Val. "Você tem que olhar as datas antes de fazer uma pergunta dessas. A Tici e eu nos separamos em abril, anunciamos em maio e comecei a sair com Ana Paula em junho", explicou o empresário. "Me desculpa, mas a mãe dela me falou que você já estava namorando a outra de olhar", replicou.
Pai de quatro filhos, Roberto Justus garante que não está com pressa de encomendar mais um herdeiro e combinou com a mulher que não falarão sobre isso nos próximos cinco anos. O apresentador contou ainda como reagiria se tivesse um filho gay.
"Se eu falasse que curtiria, seria o cara mais falso do mundo. Seria desgostoso. Eu preferia ver os meus filhos formarem o lar como eu formei [entre homem e mulher]. Eu não ia curtir, mas ia dar o maior apoio do mundo. Não ia me deixar feliz, mas aceitaria. Cada um tem o que quer. [Mas], de jeito nenhum. Jamais mandaria [um filho] embora de casa por ser homossexual", disse.
Veja direto no UOL

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques