Conheça as 17 melhores empresas de tecnologia para profissionais LGBT


Visto na Exame

Os Estados Unidos acabaram de aprovar o casamento gay em território nacional e a nova medida também pode lançar luz para o problema de inclusão destes profissionais nas companhias.

Isso porque, segundo um estudo realizado pela empresa de consultoria Santo Caos, 40% dos empregados LGBT já sofreram discriminação no trabalho.

Além disso, a pesquisa mostra que 38% das companhias ainda têm restrições para a contratação de homossexuais.

Pensando em dados como esses, a Fundação Human Rights Campaign (HCR) lançou o programa de igualdade no ambiente de trabalho por meio do Índice de Igualdade Corporativa (Corporate Equality Index), a fim de avaliar as melhores companhias com políticas contra a discriminação e assédio em funcionários gays, lésbicas, bissexuais e transexuais.

O índice classificou cerca de 4.500 empresas e organizações americanas de acordo com suas políticas, benefícios e melhores práticas para LGBTs.

Das mais de 300 companhias avaliadas em 100% neste ano, 72 se destacaram como os melhores ambientes de trabalho para empregados transexuais.

E o mais surpreendente é que muitas delas são do setor de tecnologia - o qual ainda conta com pouca representação feminina e de outras minorias, como hispânicos e negros.

Veja na lista a seguir as empresas com as melhores iniciativas e políticas contra a discriminação de profissionais LGBT:

1. Accenture

Presente no ranking de melhores empresas de tecnologia pelo mundo, a Accenture possui até uma página especial de carreira para falar sobre suas políticas e seu ambiente de trabalho para LGBTs.

2. Apple

A companhia liderada por Tim Cook, também homossexual, não poderia ficar de fora quando se fala em políticas contra a discriminação de profissionais gays, lésbicas, bissexuais e trans.

O CEO, inclusive, se compromete não só em garantir que seu ambiente de trabalho seja diversificado para este público, como também promete incluir mais mulheres em seus times de tecnologia.
3. AT&T

Mais do que apenas mudar seu logotipo em comemoração à legalização do casamento gay nos EUA, a AT&T também foi eleita como uma das melhores empresas para o público LGBT trabalhar.

A companhia ainda conta com o grupo LEAGUE, o qual ajuda a proporcionar um ambiente de suporte para empregados LGBT se desenvolverem profissionalmente.
4. Cisco Systems

A Cisco Systems também se compromete em criar o melhor ambiente com políticas de respeito aos funcionários gays, bissexuais, transexuais e lésbicas.

Na companhia, a organização dedicada a iniciativas para orientação e criação de políticas para profissionais LGBT é o GLBT&A.
5. Dell

A Dell conta com um programa de incentivo à diversidade chamado PRIDE.

Segundo a empresa, o grupo de funcionários costuma se reunir periodicamente para discutir formas de ampliar a inclusão de GLBTs (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros).
6. eBay

Entre as gigantes da internet, o eBay é uma das companhias que mais conta com diversidade em sua força de trabalho - na frente do Google e Facebook, por exemplo.

A empresa também já foi eleita pelo Glassdoor como uma das melhores organizações para funcionários LGBT.

7. Facebook

Apesar de neste ano o Facebook ainda não ter alcançado boas metas em diversidade, a companhia garante um local de trabalho e políticas que defendam os direitos LGBT.

O CEO da companhia, Mark Zuckerberg, chegou a participar da Parada do Orgulho LGBT em 2013 junto com mais 700 funcionários e lançou, no dia em que os EUA autorizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a ferramenta "Celebrate Pride", para que qualquer usuário da rede social pudesse manifestar seu apoio ao movimento LGBT mudando a foto de seus perfis.

8. Google

Assim como o Facebook, o Google ainda não possui o melhor índice de diversidade em seu quadro de funcionários.

No entanto, a gigante da internet promete aumentar o número de mulheres e minorias em suas equipes e afirma que possui políticas para motivar, respeitar e incluir o público LGBT em sua força de trabalho.
9. Groupon

Além de alcançar boa pontuação pelo Índice de Igualdade Corporativa (CEI), o Groupon também apareceu na lista do portal Glassdoor como uma das melhores companhias para LGBTs trabalharem.
10. HP

A HP possui um grupo de funcionários dedicados à discussão sobre diversidade e inclusão desde os anos 1970, época em que foi criada uma política por igualdade de oportunidades na empresa.
11. IBM

A IBM chegou a ser eleita como a melhor companhia para homossexuais no Reino Unido em 2010 pelo Índice de Igualdade no Trabalho (em inglês, Workplace Equality Index -WEI) da Stonewall, grupo do movimento LGBT criado na Inglaterra.

Além de contar com DCOs (Diversity Contact Officer - funcionários responsáveis por tratar de assuntos sobre diversidade na empresa), a IBM também possui um grupo dedicado de empregados para discutir sobre o movimento, os direitos e melhores práticas para inclusão de LGBTs no trabalho chamado EAGLE.
12. Microsoft

Com mais de 2 mil membros globalmente, o GLEAM, grupo de funcionários dedicados ao público LGBT da Microsoft, promove encontros, prêmios, discussões e diversas outras iniciativas de inclusão para gays, lésbicas, bissexuais e transexuais na companhia.
13. Oracle

A Oracle é uma das poucas gigantes da tecnologia com uma CEO mulher, a executiva Safra Catz - o que já demonstra que ela tem um pouco mais de diversidade em seu quadro de diretores.

Além disso, a companhia também possui uma organização dedicada para tratar dos direitos e políticas para LGBTs chamada OPEN (Oracle Pride Employee Network).
14. Qualcomm

A Qualcomm também possui um grupo de suporte voltado aos profissionais LGBTs.

Chamado de eQuality, a rede de funcionários busca proporcionar um ambiente de desenvolvimento profissional seguro, educativo e amigável para este público.
15. Salesforce

É difícil ver a Salesforce de fora de algum ranking de melhor companhia para trabalhar. E a empresa não deixa a desejar quando o assunto é diversidade.

Com o grupo de funcionários chamado OutForce, a companhia convida funcionários e parceiros a promover a cultura inclusiva para estes profissionais.
16. Sony

O grupo de suporte de colaboradores da Sony foi criado por ninguém menos que Tristan Higgins, diretora do departamento legal da Sony Electronics.

A executiva é uma reconhecida líder da luta do movimento LGBT e chegou a ser homenageada pela National LGBT Bar Association.
17. Yahoo

No Yahoo, o grupo responsável por promover a diversidade no mundo LGBT é o Yahoo Pride.

Em depoimento sobre as iniciativas de diversidade para esse público na companhia, o recrutador de vendas global da empresa, Robert Morris, conta que a empresa busca trazer a discussão sobre o movimento LGBT a nível global em sua organização, e que as iniciativas não são apenas discutidas, mas também colocadas em prática.

Comentários

  1. Bom dia, tudo que foi dito sobre a Dell é verdade. Sou funcionário e líder do grupo de diversidade Pride. Aproveito para convidar a todos para o evento Summit LGBT que será realizado na PUCRS no dia 21/8. Quem quiser mais informações encaminhe um email para marceloliveira902@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Pessoal tudo que foi dito sobre a Dell É verdade eu sou líder do pride e realmente é uma empresa onde todo funcionário LGBT ou não é extremamente respeitado. Aproveito para convidar a todos para um evento que será realizado na PUC RS no dia 21 de agosto. O evento Visa discutir a inclusão e práticas de diversidade nas empresas para mais informações encaminhar um e mail para: marceloliveira902@gmail.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Respeitamos opiniões contrárias às postagens contidas nesse site, mas solicitamos que evitem utilizar esse espaço para fazer propagandas, incluir conteúdos que não tenham vínculo com as postagens ou que visem agredir quem quer que seja. Obrigado!