Tom Burgess, estrela do rugby australiano, sai em defesa do casamento igualitário no país


Visto no Portugal Gay

Este é mais um apoio importante para o Australian Marriage Equality que quer ver aprovada a alteração à lei e assim legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A Liga Nacional de Rugby australiana (NRL) tem sido uma das entidades desportivas mais ativas na luta contra a homofobia, e o preconceito em geral, dentro e fora do campo. A NRL assinou conjuntamente com 400 organizações uma carta que faz parte de uma campanha de apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, seguindo-se a eles a Federação de Futebol da Austrália. Muito antes a NRL tinha-se comprometido com um “Plano anti-homofobia” plano esse que tem tido grande importância entre jogadores e adeptos na luta contra o preconceito.

Para Thomas Burgess, jogador de Rugby com 23 anos, 1m96 e 120kg, tudo isto é muito natural. Diz ele que os seus pais tinham como amigas quando ele e os irmãos (são 4 irmãos e todos jogadores profissionais de Rugby) ainda eram jovens um casal de lésbicas a quem eles chamavam de tias. “Nós sempre pensamos que era normal” referindo-se assim ao casal das tias, e adianta que elas foram muito importantes no seu crescimento e dos irmãos “nós amamo-las”. E explica que “é ignorante e antiquado pensar que um homem só pode amar uma mulher” disse o jogador para quem qualquer um é livre de amar quem bem entende. Referindo-se aos seus amigos homossexuais disse “eu não quero que eles sejam infelizes nas suas vidas”.

Assim Burgess posiciona-se a favor do casamento igual para todos um apoio que se junta à NRL mas também à Airbnb, David Jones, Fitness First, Google, McDonalds e pelo menos mais quatro grandes bancos que assinam a carta campanha da Australian Marriage Equality.

Comentários