14/08/2015

Após bullying, Sam Smith diz: "Homofobia ainda está presente na sociedade"


Visto no UOL

Atração do Rock in Rio 2015, no Brasil, o cantor Sam Smith desabafou sobre homofobia em seu Instagram. Ele havia reproduzido um comentário de um internauta que se referia ao cantor como "viado".

"Isso realmente não me ofende, porque eu já estou acostumado quando se trata desse tipo de besteira. Mas eu queria compartilhar isso com todos, para que vocês possam ver como a homofobia ainda está tão presente na nossa sociedade", disse.

Ganhador do Grammy neste ano, Sam compartilhou uma conta no Instagram chamada "Nós odiamos o viado Smith", conta reservada para tirar sarro do cantor, segundo a descrição.

Recentemente, Sam falou sobre o assunto ao jornal britânico "The Sun" e contou quando foi intimidado no passado pela sua sexualidade: "Quando me mudei para Londres, eu tomei um soco no pescoço de alguém atrás de mim, e isso foi definitivamente homofóbico. Eu estava no telefone falando alto, com fones de ouvido, estava claro que eu era gay."

"O momento mais difícil pra mim foi no primeiro ano do segundo colegial, quando eu não tinha saído do armário. Foi, na verdade, minha negação em ser gay que estimulou o bullying", relembrou.


Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques